0

Oscilações ameaçam vaga do São Paulo na Libertadores: "Restam 7 finais"

9 nov 2019
08h08
atualizado às 08h08
  • separator
  • 0
  • comentários

O São Paulo vem sofrendo com as oscilações nesta temporada. Embora tenha figurado nas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro na maioria das rodadas, o time agora comandado por Fernando Diniz não consegue engatar uma boa sequência de vitórias na competição. Na última rodada, o Tricolor perdeu sua vaga no G4 para o Grêmio e agora começa ver até mesmo a vaga à Pré-Libertadores ameaçada por conta dessa irregularidade de desempenho.

Antes da surpreendente derrota para o Fluminense, o São Paulo havia vencido a Chapecoense, adversário contra o qual não possui um bom retrospecto, por 3 a 0, fora de casa. Anteriormente, o Tricolor também perdeu para o Cruzeiro, à época na zona de rebaixamento, logo depois de ter vencido o clássico contra o Corinthians. Como se não bastasse, depois de superar Avaí e Atlético-MG, os comandados de Fernando Diniz acabaram sendo dominados pelo Palmeiras, que venceu por 3 a 0 no Allianz Parque. Mas por que isso acontece? Nem os próprios jogadores sabem explicar.

"Entender a gente não entende, porque a gente veio de uma grande vitória contra a Chapecoense. Por mais que a Chapecoense se encontre na zona de rebaixamento, é difícil jogar lá. Fizemos 3 a 0 na última rodada e acabamos perdendo o jogo em casa, essa tem sido a tônica. A gente estava se mantendo no G4, mas temos oscilado. Não temos sido uma equipe regular, e para quem almeja coisas importantes, o que mais uma equipe necessita ser é regular", afirmou Tiago Volpi.

"Restam sete finais para a gente. Agora é concentrar, porque temos um jogo muito importante domingo, contra o Athletico-PR. No que depender da gente, não vamos desistir. Vamos nos reerguer, fazer um grande jogo e voltar a vencer em casa. Até antes desse jogo tínhamos 100% de aproveitamento em casa. Se queremos nos classificar para a Libertadores, nesses últimos sete jogos temos que ser o mais perfeitos possível", completou.

Com apenas mais sete jogos no Campeonato Brasileiro, sendo três deles no Morumbi, o São Paulo tentará se redimir com o torcedor neste domingo, às 16h (de Brasília), quando enfrenta um desfalcadíssimo Athletico-PR. Bruno Guimarães e Léo Cittadini terão de cumprir suspensão automática, Marco Ruben e Léo Pereira estão machucados. Além do quarteto, Adriano, Jonathan e Lucas Halter também estão fora por conta de problemas físicos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade