0

Organizadas têm reunião com Raí e atletas no CT do São Paulo

8 fev 2019
22h16
atualizado às 22h19
  • separator
  • comentários

Membros de torcidas organizadas do São Paulo tiveram acesso ao CT da Barra Funda nesta sexta-feira. Em conversa com dirigentes e jogadores, eles fizeram cobranças por um melhor desempenho do time. A informação foi publicada inicialmente pelo Globoesporte.com e confirmada pela Gazeta Esportiva.

Na reunião com os torcedores, o clube foi representado por Raí, diretor-executivo de futebol, e por atletas como Hernanes, Nenê, Diego Souza, Everton e Arboleda. A portas fechadas, o elenco fez nesta tarde o último treino antes do duelo com a Ponte Preta, neste sábado, em Campinas, pelo Campeonato Paulista.

"O fechamento foi feito. Prometeram raça e atitude. Chegamos de Córdoba e fomos direto ao CT. Papo reto com Raí, Hernanes, Nenê, Arboleda, Diego Souza e Everton. Eles já sabem que cantaremos por eles. Falta saber se jogarão por nós. Hora essa de mostrarem que são dignos de jogarem no SPFC", escreveu a Torcida Independente, em sua conta no Twitter.

A bronca dos torcedores tem relação com a derrota por 2 a 0 para o Talleres, em Córdoba, na última quarta-feira, pelo jogo de ida da segunda fase da Pré-Libertadores.

No dia seguinte ao revés, a Independente escreveu nas redes sociais que o limite com a equipe ia até a próxima quarta-feira, data da partida de volta. Para se classificar, o Tricolor precisa vencer por três gols de diferença. Caso devolva o placar, a vaga será definida nos pênaltis.

Receber torcedores organizados não é uma prática nova no São Paulo. Em 2017, o clube o fez duas vezes no CT da Barra Funda. Na ocasião, as cobranças eram contra a má campanha do time no Campeonato Brasileiro. Naquele ano, o Tricolor brigou contra o rebaixamento por boa parte da competição.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade