0

Organizada do São Paulo critica Lugano, Raí, Diniz, Daniel Alves e outros jogadores após eliminação

Torcida Independente publica mensagem cobrando mudanças após derrota para o Mirassol, no Morumbi

30 jul 2020
09h23
atualizado às 09h23
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A maior torcida organizada do São Paulo, a Torcida Independente, divulgou uma nota criticando duramente a diretoria e os principais jogadores do elenco , após a derrota por 3 a 2 para o Mirassol e eliminação no Campeonato Paulista. Daniel Alves, Juanfran, Pato, o técnico Fernando Diniz e até os ídolos Raí e Lugano foram cobrados. Além do presidente Leco.

A organizada disse que o diretor-executivo de futebol e o superintendente de relações internacionais são "uma vergonha" como dirigentes e pediu a demissão de ambos. Quanto a Diniz, a torcida diz que "por onde anda, ele fracassa" e pediu para os torcedores acordarem. Também citaram Reinaldo, Arboleda e até o atacante Gonzalo Carneiro.

Quanto a Leco, a Independente lembrou as declarações dadas pelo técnico Rogério Ceni, quando ele foi demitido do clube. "Na~o se engane com os cabelos brancos, os canalhas tambe´m envelhecem. Resta alguma du´vida? Pior Presidente da histo´ria !!!!", escreveu a torcida.

Em relação aos jogadores, as críticas a Daniel Alves é pelo alto salário. "Veio para quebrar o São Paulo ou ser campeão. Juanfran e Pato também não escaparam das reclamações. "Tiozinho do churrasco" foi a forma que o lateral foi chamado e o atacante foi questionado: "Quando vai virar profissional?"

O São Paulo não conquista o Campeonato Paulista desde 2005. É o time grande que está há mais tempo sem ganhar o Estadual. O clube tricolor não é campeão desde 2012, quando faturou a Copa Sul-Americana. Leco assumiu a presidência em 2015 e deixará o comando sem ganhar títulos, já que a Libertadores e o Brasileirão serão encerrados após seu mandato.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade