PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

"O resultado não retrata corretamente o que foi o jogo", diz Crespo após goleada

25 jul 2021 19h10
ver comentários
Publicidade

O técnico Hernán Crespo comentou sobre a goleada sofrida pela sua equipe contra o Flamengo neste domingo, no Maracanã, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. De acordo com o comandante argentino, a derrota por 5 a 1 não retrata corretamente o que foi o jogo, bastante equilibrado até os 25 minutos do segundo tempo, quando os donos da casa começaram o massacre.

"Acredito que o resultado não retrata corretamente o que foi o jogo. Mas, damos parabéns ao Flamengo, ao Renato Portaluppi e seus atletas. Acredito que o resultado é muito maior, uma atuação extraordinária de Bruno Henrique. Acredito que podemos melhorar em muitos aspectos, mas tivemos a oportunidade de ganhar hoje. Aconteceram coisas, como a atuação extraordinária de Bruno Henrique", afirmou Crespo.

O treinador do São Paulo também falou sobre a falta de atenção de sua equipe na reta final do jogo. Foi neste período em que o Flamengo construiu o elástico placar. O Tricolor até poderia ter saído de campo com mais uma vitória contra o Rubro-Negro, mas, para isso, era necessário foco de forma integral.

"É uma coisa que me preocupa e que também é circunstância do jogo, porque passamos à frente no placar com uma bola parada, mas tivemos uma pequena distração. Quando você tem uma pequena distração contra grandes adversários, o preço sai muito caro. Depois, é futebol. O jogo era muito equilibrado, mas Bruno Henrique fez um grande gol. Tentamos continuar, tivemos alguma outra chance, mas eles foram muito completos", prosseguiu.

"Sabíamos que enfrentaríamos um grande adversário. Hoje foi Bruno Henrique, outro dia pode ser Gabigol, Arrascaeta ou Everton Ribeiro. O Flamengo tem grandes jogadores. Até os 25 minutos do segundo tempo tivemos essa atenção, depois foi um grande jogo do Bruno Henrique, e ele fez o que todos sabemos que ele pode fazer. Ele colocou a bola no ângulo, essas coisas são indefensáveis. Devemos parabenizar o jogador. Sabemos perfeitamente que podemos completar 90 minutos jogando no nível que jogamos até os 25 minutos do segundo tempo", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade