0
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Intertemporada é "trunfo" para Morato e Paulinho buscarem espaço com Aguirre

10 jul 2018
08h02
  • separator
  • comentários

Com as saídas de Marcos Guilherme e Valdívia, ambos negociados com o futebol árabe, o São Paulo se viu obrigado a voltar suas atenções para o mercado a fim de suprir as carências do setor de lado do campo, parte importante do sistema de Diego Aguirre. Para isso, foi contratado o equatoriano Joao Rojas junto ao Talleres, da Argentina, que deve ganhar o posto de titular no ataque ao lado de Everton e Diego Souza.

Mesmo com o recém-contratado reforço, os flancos do campo seguem sendo um setor que o treinador uruguaio não conta com uma abundância de opções. De forma imediata, Morato e Paulinho Boia, formado nas categorias de base do tricolor, surgem como alternativas e possuem a intertemporada e os amistosos para tentar convencer a comissão técnica que podem postular uma vaga entre os 11 iniciais.

Na reapresentação do time na última segunda-feira, Everton e Rojas, considerados titulares imediatos do ataque são-paulino ao lado de Diego Souza, não participaram do coletivo e devem ser baixas para os dois amistosos que o elenco disputa quarta-feira, contra o São Bento, e quinta, diante do São Caetano. Com dores musculares na perna esquerda, o ex-jogador do Flamengo só realizou o aquecimento, enquanto o equatoriano fez atividades físicas em separado.

Dessa forma, a tendência é de que tanto Paulino quanto Morato, que pouco atuaram na temporada, recebam minutos que devem ser preciosos na busca por mais oportunidade no segundo semestre. Os dois, durante a intertemporada, tem sido considerados as opções para uma eventual ausência dos jogadores de frente que atuam como pontas.

Contratado em abril de 2017, Morato não conseguiu atuar em sua primeira temporada no clube do Morumbi por uma séria lesão no joelho direito. Neste ano, foi relacionado pela primeira vez em março, mas voltou a se tornar desfalque por uma entorse no tornozelo, problema do qual já esta recuperado. Já Paulinho foi promovido ao elenco profissional por Dorival Junior, mas teve poucas chances e, diante do cenário de opções, deve ser mais aproveitado.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade