PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

Igor Vinícius celebra chance de completar 100 jogos pelo São Paulo e revela inspiração em Ceni: "Privilégio"

23 nov 2021 22h48
| atualizado às 22h48
ver comentários
Publicidade

Contratado no final de 2018, Igor Vinícius deve completar a marca de 100 jogos pelo São Paulo nesta quarta-feira, no compromisso contra o Athletico-PR, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, o lateral-direito celebrou o feito.

"Para mim é uma honra atingir essa marca. Sabemos que nunca é fácil, ainda mais em um clube como o São Paulo, que já é o clube que eu mais defendi profissionalmente. Aqui é minha casa, fico muito feliz por estar atingindo essa marca, é um sonho de muitos jogadores e nem todos têm essa honra. Espero fazer uma boa partida e conseguir atingir outras marcas de expressão", disse à Spfctv.

E o momento do atleta de 24 anos está ainda mais especial devido a presença de Rogério Ceni no banco de reservas. Conforme destacou o garoto, o ex-goleiro sempre foi uma inspiração para ele, principalmente devido ao fato de ambos serem de Sinop, no Mato Grosso.

"Está sendo um trabalho muito interessante porque é um cara que não repete em treino. Está sendo uma honra muito grande. Como ele é da minha cidade, ele foi uma das inspirações para eu ser jogador. Para mim é um privilégio, uma honra ser treinado pelo Rogério. Ele fez um jogo comemorativo na cidade e eu fui. Era o primeiro da fila dos meninos e eu entrei do lado dele. Então para mim está sendo muito legal, não imaginava que um dia jogaria no São Paulo. Hoje jogar no São Paulo treinado pelo Rogério Ceni é um privilégio, é uma honra", contou.

"A gente sempre ouviu falar do trabalho do Rogério. É um cara que que tem uma história aqui no clube, acho que é o maior ídolo da história do clube como jogador, já trabalhou como treinador também e conseguiu fazer um feito muito grande em outros clubes também como treinador, ganhando títulos. Acho que todo mundo sabe do trabalho, da competência que ele tem", completou.

Nos primeiros dias de trabalho do comandante, no entanto, Igor Vinícius não estava presente. Isso porque o defensor estava se recuperando de uma lesão no olho, que o afastou dos gramados por cerca de um mês.

"Infelizmente são coisas que acontecem no futebol. A gente está sujeito a isso. Nem nas férias eu fico tanto tempo parado. Três semanas de repouso total para não prejudicar a visão. Fiz alguns procedimentos a laser no olho para ajudar na recuperação, mas deu tudo certo e agora já estou fazendo um mês que eu voltei a treinar com grupo, então já estou no meu ritmo e espero melhorar cada dia mais pra ajudar o time nessa reta final", comentou.

Por fim, o lateral aproveitou para projetar o duelo direto contra o Athletico-PR, clube que vem embalado após a conquista da Copa Sul-Americana, no último sábado. O embate será nesta quarta, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi.

"É um grande time, que conseguiu um título muito importante agora e também não está numa posição confortável na tabela do brasileiro, então a gente sabe que eles vão vir com força máxima. É nosso dever representar o São Paulo e com a nossa torcida dentro do Morumbi fazer um grande jogo, conseguir a vitória que vai ser muito importante", finalizou.

No momento, o São Paulo ocupa a 14ª colocação, com os mesmos 41 pontos do Furacão, que está em 13º.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade