0

Empréstimos e negociação abortada: Paulo Boia volta ao São Paulo como desafio para Diniz

13 jul 2020
09h47
atualizado às 12h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Paulinho Boia tem contrato com o São Paulo até o fim de 2020

Paulo Boia está de volta ao São Paulo após uma série de empréstimos e de uma negociação abortada. Cria das categorias de base tricolores, o jogador será mais um desafio para o técnico Fernando Diniz, que tem como missão ao longo dessa intertemporada recuperar o futebol e a confiança do jovem de 22 anos.

Promovido ao time profissional em 2018, Paulo Boia não teve muito sucesso nas vezes em que recebeu oportunidades no São Paulo e acabou sendo emprestado ao Portimonense, de Portugal. Após o período no futebol europeu, o atacante foi novamente cedido por empréstimo, desta vez para o São Bento, de Sorocaba, clube pelo qual disputou a Série B do ano passado e acabou rebaixado para a Terceira Divisão.

Neste ano, a diretoria tricolor novamente optou por emprestar o atleta, fora dos planos do técnico Fernando Diniz, porém, ao fazer exames médicos para se transferir ao Cruz Azul, do México, foi constatado um problema na cartilagem do seu joelho esquerdo, motivo suficiente para os mexicanos declinarem, e o São Paulo perder a oportunidade de arrecadar 300 mil dólares com o empréstimo - no contrato havia também a opção de compra por fixada por 1 milhão de dólares.

Sem conseguir se destacar por onde passou desde que se tornou jogador profissional, Paulo Boia vem treinando normalmente com o restante do elenco são-paulino em Cotia, onde o time se prepara para o reinício do Campeonato Paulista. E durante esse período de concentração no complexo das categorias de base do clube, o técnico Fernando Diniz terá o desafio de "recuperar" o atacante de 22 anos.

No último sábado, o São Paulo postou uma bonita jogada protagonizada por Paulo Boia no treinamento da manhã. O jogador conduziu a bola pela esquerda, levou para o meio e balançou as redes com um chute cruzado, no ângulo. A ver se Fernando Diniz, com toda a capacidade que tem não só para aprimorar aspectos técnicos e táticos, mas também psicológicos, poderá fazer a cria da base render mais.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade