PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

Em crise no ataque, artilheiros do São Paulo no Campeonato Brasileiro têm somente três gols marcados

Tricolor tem um dos piores ataques do Brasileirão, com apenas 18 gols marcados em 22 rodadas. Os artilheiros da equipe têm números ruins, com apenas três gols cada

28 set 2021 16h48
| atualizado às 17h23
ver comentários
Publicidade

O São Paulo vive uma temporada ruim no Brasileirão. Com o ataque produzindo pouco, o time tem apenas 18 gols marcados nas primeiras 22 partidas disputadas. Com isso, a média de gols por partida da equipe é menor do que um gol por jogo, sendo de 0,78 gol por jogo. O mesmo se aplica aos artilheiros do time no campeonato, que têm números insatisfatórios.

São Paulo tem um dos piores ataques do Brasileirão (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc)
São Paulo tem um dos piores ataques do Brasileirão (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc)
Foto: Lance!

O Tricolor não tem nenhum jogador em destaque na artilharia, com gols bem divididos entre os atletas. Os dois artilheiros da equipe no Brasileirão são Rigoni e Pablo, ambos com apenas três gols marcados.

A média do argentino é de somente 0,17 gol por jogo, marcando três vezes em 18 partidas. Já Pablo, que entrou em campo 13 vezes, tem média de 0,23 gol por jogo, levemente maior que os números de Rigoni.

Juntos, os dois atletas equivalem a um terço dos gols marcados pela equipe no Brasileirão. Os outros gols foram anotados por: Reinaldo (2), Igor Gomes (2), Arboleda, Luciano, Liziero, Eder, Vitor Bueno, Benítez e Gabriel Sara.

Há, ainda, um gol contra na lista, marcado por Gabriel Dias, do Ceará, no empate por 1 a 1 na Arena Castelão, ainda na sétima rodada.

Com 18 gols marcados, o São Paulo é o quinto pior ataque. Atrás do Tricolor, estão: Atlético-GO (17), Grêmio (17), Chapecoense (17) e Sport (8).

O São Paulo é o atual 13º colocado, com 27 pontos somados até o momento no campeonato. Em fase ruim no ataque, o time espera melhorar seus números diante da pior defesa do torneio, a Chapecoense, no próximo domingo (3), às 16h, na Arena Condá, pela 23ª rodada.

Lance!
Publicidade
Publicidade