0
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Dorival revela escalação do São Paulo e minimiza desfalques em BH

9 out 2017
16h21
  • separator
  • comentários

Dorival Júnior conversou com a imprensa no CT da Barra Funda na tarde dessa segunda-feira, poucos minutos antes de ir a campo comandar mais um treino de olho no confronto de quarta-feira, contra o Atlético-MG, em belo Horizonte, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem rodeios e até com certa pressa, o treinador revelou a escalação são-paulina que deve iniciar o jogo no Horto.

Os desfalques, por enquanto, são dois. Christian Cueva e Arboleda defenderão suas respectivas seleções na última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo um dia antes da partida em Minas. Por isso, já são cartas fora do baralho de Dorival.

Para a vaga do peruano, o argentino Jonatan Gomez ganhará nova chance de mostrar serviço e Jucilei ficará como opção no banco de reservas. "Iniciaremos a partida com o Gomez. Não é questão de estar à frente (de Jucilei) ou não, é apenas a característica que é um pouco diferente e o Gomez inicia a partida", avisou o treinador, que vai de Bruno Alves na zaga depois de testar Aderlan no setor durante a semana.

"É apenas uma opção, com a chegada do Bruno (Alves) fez com que se acirrasse a disputada, ele (Aderlan) vem trabalhando, no momento certo vai ter oportunidade. É opção do treinador", explicou.

Ao lado de Bruno, Dorival espera por Rodrigo Caio. Convocado em cima da hora paara a Seleção Brasileira em função da lesão de Thiago Silva, o camisa 3 será titular do São Paulo na quarta, dia seguinte ao confronto entre Brasil e Chile no estádio palmeirense. "Conto (com Rodrigo Caio). Vai jogar, a não ser que ele entre amanhã (terça) e jogue o jogo todo", ponderou.

Na lateral esquerda, a novidade nem chega a ser uma surpresa. Após cumprir suspensão na vitória sobre o Sport Recife, Júnior Tavares retoma seu posto e Edimar volta para o banco. Nesse caso, a escolha de Dorival tem a ver com a evolução que o jovem canhoto tem apresentado nos treinamentos.

"Responsabilidade de marcação, foi o que ele mais evoluiu, a preocupação em se posicionar, coisa que ele não tinha, ele apoiava muito bem e tinha dificuldade no retorno", apontou o comandante.

Com isso, se nenhuma intercorrência aparecer, São Paulo deve pegar o Galo, fora de casa, com: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros, Hernanes, Marcos Guilherme, Gomez e Lucas Fernandes; Lucas Pratto.

"Altera um pouco a forma como a equipe vem atuando, são características que você tem que respeitar, mas os jogadores vêm atuando normalmente, alguns começam a adquirir um conjunto maior com a equipe e não vejo problema, os dois jogadores (Cueva e Arboleda) seriam importantes, mas eu confio naqueles que estarão entrando", afirmou Dorival Júnior, ciente da importância do resultado na próxima rodada para o futuro do São Paulo no Campeonato Brasileiro.

"Demos um primeiro passo, mesmo que pequeno, para sair dessa zona, e agora temos de ter consciência de que temos de nos estabelecer na competição, é uma necessidade, todos estão conscientes e espero que façamos um jogo superior aos demais", concluiu o técnico.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade