0
Logo do São Paulo
Foto: terra

São Paulo

Dorival faz treino tático curto e repete escalação para pegar a Chape

14 jul 2017
17h00
atualizado às 17h48
  • separator
  • comentários

O São Paulo que enfrentará a Chapecoense neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na Arena Condá, será o mesmo que empatou por 2 a 2 com o Atlético-GO, no Morumbi. Na reapresentação da equipe, na ensolarada tarde desta sexta-feira, o técnico Dorival Júnior comandou um rápido treino tático e repetiu a escalação que começou a partida da última quinta.

No campo principal do CCT da Barra Funda, o time titular seguiu com Renan Ribeiro; Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei e Petros; Wellington Nem, Cueva e Gomez; Lucas Pratto. A atividade foi acompanhada de perto pelo zagueiro Aderllan Santos, novo reforço para a defesa tricolor, que realizou nesta tarde o seu primeiro trabalho físico como atleta do São Paulo.

Sem bola, Dorival posicionou os jogadores no campo de defesa e mexeu bastante com o posicionamento dos atletas, além de ter ressaltado os erros do empate diante do lanterna do Campeonato Brasileiro.

Os 11 titulares ficaram posicionados no campo de defesa, para que Dorival explicasse o que quer da marcação do time no domingo, simulando, também com os reservas, situações que podem ocorrer em Chapecó. "Não tem problema se o Pratto ou mais um não voltarem, mas precisamos ter sempre duas linhas de quatro na marcação", gritou o treinador.

Após cerca de dez minutos de treino tático, os titulares do confronto de quinta-feira se dirigiram à piscina do CT tricolor para realizarem o tradicional regenerativo. Os reservas, por sua vez, ficaram no gramado para uma atividade em campo reduzido, seguida por uma trabalho técnico de finalizações, sob o comando de Dorival.

Caso o treinador repita a escalação do último jogo, Lugano nem sequer viajará a Chapecó em razão do limite de cinco jogadores estrangeiros na lista de relacionados, que será divulgada pelo clube neste sábado pela manhã.

O São Paulo encerrará a preparação para o confronto no sábado à tarde, em Chapecó. Com 12 pontos ganhos em 13 rodadas, o time do Morumbi ocupa o 17º lugar, dentro da zona de rebaixamento, da qual saíra em caso de vitória em Santa Catarina.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade