PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

De olho no Atlético-MG, São Paulo se reapresenta após tropeço em casa

23 set 2021 14h38
| atualizado às 15h26
ver comentários
Publicidade

O São Paulo se reapresentou na manhã desta quinta-feira após o empate sem gols com o América-MG, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Agora, o Tricolor vira a página e já começa a se preparar para um confronto dificílimo no próximo sábado, contra o Atlético-MG, novamente em casa.

Igor Vinícius, que não pode ter qualquer tipo de atividade com contato, não treinou com o elenco nesta quinta-feira e deverá ser desfalque pelas próximas semanas até que o inchaço no seu olho esquerdo diminua. Luciano, que está com uma irritação ocular - não foi diagnosticada conjuntivite -, também não participou da atividade.

Poupado na última quarta-feira, Gabriel Neves treinou nesta quinta e pode voltar a ser relacionado no fim de semana. Como há mais estrangeiros no elenco que o permitido pela CBF por partida (há um limite de cinco atletas que podem ser relacionados), a tendência é que aconteça uma espécie de rodízio na lista de relacionados do Tricolor.

Com mais dois treinamentos para fazer ajustes, o técnico Hernán Crespo vive o momento mais conturbado desde que iniciou seu trabalho no São Paulo. Com reforços para esta reta final de temporada, o comandante argentino precisa corresponder às expectativas e levar a equipe à Libertadores, mas, pelo que o Tricolor vem mostrando em campo, a missão não será nada fácil.

Os próximos dias também serão importantes para que Jonathan Calleri, Gabriel Neves e Marquinhos possam se recondicionar fisicamente. O atacante argentino ficou sem atuar oficialmente por quase cinco meses e recebeu poucos minutos em seus dois primeiros jogos pelo Tricolor, até para evitar qualquer risco de lesão.

Gabriel Neves, por sua vez, veio do Uruguai, onde o futebol jogado é menos intenso que no Brasil, e precisa se adequar ao ritmo de jogo do Campeonato Brasileiro. Já Marquinhos se recuperou recentemente de um estiramento na coxa esquerda que o tirou de ação por 50 dias e também não está na plenitude de sua forma física.

Para a partida contra o Atlético-MG, o técnico Hernán Crespo contará com o retorno de Léo. O zagueiro teve de cumprir suspensão automática por acúmulo de cartões amarelos na última rodada, contra o América-MG. Com isso, o São Paulo pode voltar a atuar no 3-5-2, esquema teoricamente mais seguro para um duelo contra o líder do Brasileirão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade