PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

De Leônidas a Chulapa, São Paulo relembra personalidades negras de sua história

20 nov 2021 10h46
| atualizado às 10h47
ver comentários
Publicidade

O dia 20 de novembro, todos os anos, marca a celebração do dia da Consciência Negra. Em publicações nas redes sociais, o São Paulo aproveitou a data para relembrar personalidades negras que marcaram a história do clube, com os ex-jogadores Leônidas da Silva e Serginho Chulapa.

O "Diamante Negro", como Leônidas era conhecido, chegou ao Tricolor Paulista em 1942, contratado junto ao Flamengo. Foi pentacampeão paulista pela equipe (1943, 1945, 1946, 1948 e 1949). Defendeu a Seleção Brasileira entre 1932 e 1946, tendo destaque na Copa do Mundo de 1938, quando marcou sete gols.

Serginho Chulapa, por sua vez, defendeu as cores do São Paulo de 1973 a 1982. É o maior artilheiro da história do clube, com 242 gols. Foi tricampeão paulista (1975, 1980 e 1981), e levantou uma taça do Campeonato Brasileiro (1977).

Albino de Oliveira, primeiro atleta negro do São Paulo, também foi lembrado. No futebol feminino, Kátia Cilene, que marcou época no Tricolor no fim dos anos 1990, sendo três vezes artilheira do Paulista e três do Brasileiro, foi citada.

Além disso, atletas de outras modalidades esportivas foram homenageados. Melânia Luz, do atletismo, foi a primeira mulher negra a brasileira a disputar os Jogos Olímpicos, em 1948, e foi campeã sul-americana no revezamento 4x100m em 1949, quando defendia o São Paulo.

Por fim, Adhemar Ferreira da Silva foi o primeiro atleta negro brasileiro a ser bicampeão olímpico. Assim, é o responsável pelas duas estrelas sobre o emblema do São Paulo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade