PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

Conselho do São Paulo acaba com confidencialidade em reunião para debater reforma estatutária

18 nov 2021 15h43
ver comentários
Publicidade

O Conselho Deliberativo do São Paulo acabou com a obrigação de confidencialidade da reunião para debater a reforma estatuária. O encontro dos conselheiros a portas fechadas não agradou boa parte da torcida, que manifestou o desejo de maior transparência nas decisões que impactam diretamente o futuro do clube.

Os conselheiros iriam se reunir inicialmente nesta quinta-feira, mas a reunião foi adiada para dezembro, já que há um entendimento de que, como o São Paulo vem lutando contra o rebaixamento no Brasileirão, o foco deve ser total na disputa da competição por pontos corridos.

Entre diversos pontos presentes na reforma estatutária que será debatida estão a ampliação do mandato dos conselheiros, de três para seis anos, a possibilidade de reeleição presidencial, e a redução do quadro de conselheiros do São Paulo.

Mais de 80 dos 260 conselheiros do São Paulo assinaram as propostas de reforma estatutária. Caso ela seja aprovada, o presidente do Conselho, Olten Ayres de Abreu Júnior, terá 30 dias para convocar uma assembleia geral extraordinária e concluir o processo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade