0
Logo do São Paulo
Foto: terra

São Paulo

Com retornos, São Paulo pode ter até quatro mudanças no domingo

16 jun 2017
07h02
atualizado às 07h02
  • separator
  • comentários

Em relação ao time que empatou por 0 a 0 com o Sport, o São Paulo poderá ter até quatro mudanças para a partida contra o Atlético-MG, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Morumbi. Duas alterações são certas, já que Rodrigo Caio e o peruano Cueva retornam de suas seleções e ficam à disposição de Rogério Ceni.

Diante do poderio ofensivo do Galo, o técnico deve manter o esquema com três zagueiros. Assim, Éder Militão deve deixar o time para a entrada de Rodrigo Caio, que formaria o miolo de zaga com Lucão e Maicon.

Já Cueva, embora não tenha jogado bem nas últimas partidas, voltará ao meio-campo tricolor. A tendência é que atue na vaga de Thomaz, que pouco criou na Ilha do Retiro.

Existe ainda a expectativa de outros dois retornos acontecerem. Poupados do duelo no Recife por problemas físicos, Thiago Mendes e Maicosuel podem virar opções de Ceni para domingo. O volante entraria no lugar de Cícero, enquanto o meia-atacante ocuparia o espaço que foi de Wellington Nem - Gilberto também pode assumir a vaga do camisa 21.

Há também a possibilidade de Rogério Ceni passar Wesley à ala direita, deixando Marcinho como atacante, sua posição de origem. Neste caso, o jovem formaria dupla de ataque com Lucas Pratto.

Já o atacante Denilson, que veio do Avaí por empréstimo até o fim do ano, pode estrear caso sua documentação seja regularizada junto à CBF. No entanto, mesmo se estiver apto juridicamente, ele dificilmente deve iniciar a partida como titular.

A lista de desfalques para o confronto com o Galo ainda será extensa. No departamento médico estão Bruno (entorse no joelho esquerdo), Buffarini (estiramento no músculo posterior da coxa direita), Denis (tendinite no ombro esquerdo), João Schmidt (entorse no joelho esquerdo e já negociado com a Atalanta-ITA) e Morato, que foi submetido a uma cirurgia no joelho direito e só retornará em 2018.

Como os portões do CCT da Barra Funda estarão fechados nos treinos de sexta-feira e sábado, a escalação só será confirmada cerca de uma hora antes do embate de domingo. Sem pressa por reforços, Rogério Ceni confia que encontrará o time ideal assim que o departamento médico for esvaziado.

"Com todos de volta, acho que teremos mais opções. Temos bons jogadores, basta termos todos à disposição para montar um time cada vez mais forte", disse o treinador, após o empate contra o Sport.

Com 10 pontos ganhos, o São Paulo ocupa a sétima colocação do Campeonato Brasileiro. No domingo, contra o Galo, a equipe irá fazer seu quarto jogo no Morumbi e defender 100% de aproveitamento nas partidas em casa.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade