PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Favoritar Time

Ceni explica escolha por 3 zagueiros e liga alerta por atuações ruins do São Paulo

12 mai 2022 23h26
ver comentários
Publicidade

O técnico Rogério Ceni ligou o alerta mesmo após a vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre o Juventude e a classificação assegurada para as oitavas de final da Copa do Brasil. Na visão do treinador, sua equipe não vem desempenhando o futebol necessário para que ele não se preocupe em relação ao futuro.

"Tem um treinador argentino que disse uma frase que é a seguinte: às vezes, você sofre uma derroa que te preocupa por 15 minutos, mas depois você sai com a cabeça tranquila. E tem vitórias que te alegram por 15 minutos e depois te preocupam nos próximos dias", disse Ceni.

"Começa a ligar o sinal de alerta, não temos conseguido fazer bons jogos. Isso me preocupa bastante. Feliz pela vitória, pela classificação, o clube precisa de dinheiro, mas é um sinal que temos que nos preocupar, tem que estar alerta para jogar melhor. Precisamos tecnicamente render mais", completou o treinador do São Paulo.

Nesta quinta-feira, Ceni, em busca de um melhor desempenho de sua equipe, apostou em uma formação com três zagueiros. Foi assim que o São Paulo abriu o placar no primeiro tempo, mas, na etapa complementar, voltou com uma linha defensiva composta por quatro atletas, dois zagueiros e dois laterais, como de costume.

"Nos últimos dois jogos não fomos tão bem com linha de quatro, tomamos um gol numa inversão de jogo contra o Fortaleza. Em Caxias, contra o Juventude, tomamos um gol também numa inversão, nas costas do Igor Vinícius. Nós não estamos jogando muito bem nos últimos jogos, tecnicamente caímos um pouco. Ontem experimentei essa formação, me senti um pouco mais seguro com uma linha de cinco, Léo e Diego têm características de ganhar espaço na saída de bola", comentou.

"Ganhamos mais amplitude de campo com Igor Vinícius e Reinaldo, e havia os dois atacantes. Como perdemos o Nestor um pouco antes do jogo, e o Colorado lesionado, temos dificuldade nessa função, baixamos o Igor Gomes com o Neves, que joga melhor assim, lado a lado, e o Alisson centralizado, pra ter um pouco mais de segurança na bola aérea e pelo fato de Igor Vinicius ter facilidade de chegar ao fundo e Reinaldo no cruzamento. Achei que era preferível voltar pra linha de 4, no final do primeiro tempo não fomos tão bem. E foi bom, porque entraram Óscar Ruiz e Moccelin. Só criaram dificuldades quando colocaram o segundo 9 pra jogar mano a mano com os dois zagueiros", completou Ceni.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade