PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

Ceni comenta negociação e diz que preferia assumir em 2022

Ídolo afirmou que ainda não houve assinatura de contrato com o São Paulo

14 out 2021 11h14
| atualizado às 11h23
ver comentários
Publicidade

Após a saída em comum acordo de Hernán Crespo, o São Paulo agiu rapidamente e anunciou Rogério Ceni como novo treinador. O ídolo do time tricolor, que terá sua segunda passagem pelo clube na função, já comandou um treino na noite de quarta-feira.

Rogério Ceni já comandou o primeiro treino no São Paulo
Rogério Ceni já comandou o primeiro treino no São Paulo
Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Ceni comentou sobre a negociação com São Paulo, afirmando que ainda não assinou um contrato, apenas verbalizado até o momento.

"O presidente ligou para mim a tarde, eu vim aqui era cinco e pouco da tarde. Nós não assinamos contrato, absolutamente nada ainda, só verbalizamos um contrato, isso (assinatura) deve ser feito mais para frente", comentou o técnico aos canais oficiais do São Paulo.

Rogério Ceni, que acumula passagens por Fortaleza, Cruzeiro e Flamengo como treinador, afirmou que preferia assumir o comando da equipe em 2022 e elogiou seu antecessor, Hernán Crespo.

"Eu preferia assumir em 2022. O Crespo, não o conheço, mas vendo pela TV, um cara excepcional, um cara fora de série, muito acima da média, acho que tinha tudo para seguir, para dar certo, mas a gente entende a opção feita pela direção. A partir daí eu estou aqui para tentar ajudar como eu fiz desde os meus 17 anos", afirmou.

A estreia de Rogério Ceni no comando do São Paulo vai acontecer nesta quinta-feira, às 19h (de Brasília), contra o Ceará, no Morumbi, pela 26ª rodada do Brasileirão.

"Meu objetivo é ganhar amanhã. É um treino só hoje (quarta-feira), vamos ainda fazer um treino de bola parada ofensiva e defensiva, que o tempo que tinha para fazer. Hoje nós tivemos que vir treinar aqui (no Morumbi) porque era o único lugar que tinha luz, no CT não tem. Então nós tivemos que estragar um pouco o gramado do estádio, eu não gosto, mas tivermos que vir", disse Ceni.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade