7 eventos ao vivo

Casares revela planos para negociar naming rights do Morumbi

Casares tratou o naming rights como "uma necessidade do futebol moderno"

21 out 2020
15h29
atualizado às 16h21
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

De acordo com Julio Casares, candidato à presidência do São Paulo, um de seus projetos que pretende executar caso seja eleito é a negociação do naming rights do estádio do Morumbi, seguindo os moldes das vendas dos nomes das arenas de Palmeiras e Corinthians.

(Foto: Reprodução/TV Gazeta)
(Foto: Reprodução/TV Gazeta)
Foto: Gazeta Esportiva

Em entrevista ao canal Bandsports, Casares tratou o naming rights como "uma necessidade do futebol moderno", dando alguns detalhes de seu plano para a venda do nome do Morumbi para uma empresa.

"Nós já temos todo o escopo preparado e um projeto. É uma honra ter o Cícero Pompeu de Toledo nomeando o Morumbi, nunca vai deixar de ser o estádio Cícero Pompeu de Toledo, mas o naming rights é uma necessidade do futebol moderno. Não tem dúvidas de que o São Paulo vai oferecer ao mercado, junto a essa credibilidade que vamos readquirir, um projeto audacioso, para que a marca estampada no estádio também tenha a ativação em eventos e unidades de negócio. Ou seja, a empresa não vai colocar só a sua marca. Ela vai estar vivendo o dia a dia do clube, até com lojas e negócios dentro do estádio e com acesso para o público", afirmou o candidato.

Vale lembrar que, em setembro desde ano, o Corinthians acertou a venda do naming rights de sua Arena para Hypera Pharma. O acordo prevê o pagamento de R$ 15 milhões anuais, à vista, pelos próximos 20 anos e corrigidos pelo IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado).

Casares enfrentará Roberto Natel nas urnas ainda em dezembro de 2020. O vencedor será o substituto de Leco, que deixará o cargo máximo do clube sem levantar um troféu sequer.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade