PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

Casares comenta decisão pela saída de Crespo: "Esperamos o maior tempo possível"

28 out 2021 08h17
| atualizado às 08h17
ver comentários
Publicidade

O presidente do São Paulo, Julio Casares, comentou sobre a decisão pela saída do técnico Hernán Crespo. Sem conseguir apresentar uma evolução no que diz respeito à performance da equipe, o argentino acabou concordando em abrir mão do cargo há duas semanas, já bastante desgastado pela pressão por melhores resultados e desempenhos.

"O Crespo é um grande técnico e o escolhemos com muita técnica, muita avaliação. Mas, ele, infelizmente, e ele mesmo transmitiu a nós, estava com dificuldade. Esperamos o maior tempo possível para evitar esse tipo de saída, mas foi inevitável. E não correríamos o risco de ter um técnico interino em jogos decisivos", disse Casares em entrevista à TV Gazeta.

O mandatário tricolor, de fato, agiu bem rápido ao buscar um substituto para Hernán Crespo. Em questão de horas, Rogério Ceni foi anunciado como novo treinador do São Paulo, se dirigiu ao estádio do Morumbi e comandou um treino no mesmo dia, à noite, na véspera do confronto com o Ceará.

A busca incessante por uma vaga para a próxima Libertadores pesou na rapidez da decisão, conforme o próprio presidente do São Paulo admitiu. Com poucas opções no mercado, o clube preferiu não se dar ao luxo de disputar rodadas decisivas do Campeonato Brasileiro, inclusive o clássico contra o Corinthians, no Morumbi, com um treinador interino.

A chegada de Rogério Ceni fez o São Paulo melhorar seu desempenho coletivo. Embora ainda enfrente dificuldades para marcar gols - tem o segundo pior ataque do Brasileirão -, o Tricolor vem criando mais chances de perigo e recuperou a confiança com a vitória no Majestoso. O próximo desafio será contra o Internacional, no próximo domingo, no Morumbi.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade