0

Bruno Alves diz que todos são responsáveis pela queda do São Paulo: "Não tem desculpa"

1 ago 2020
18h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O São Paulo deu adeus à única possibilidade de conquistar um título em 2020 com a queda no Paulistão. A eliminação trouxe uma pressão enorme para todo o elenco do Tricolor, inclusive para aqueles que usualmente são admirados pela torcida, como Bruno Alves.

O zagueiro evita apontar culpados pelo resultado vexatório no Paulistão. Envergonhado, o defensor ressalta que agora o momento é de trabalho com foco no futuro.

"Não tem desculpa. Todos nós somos responsáveis pelo o que aconteceu. Agora, temos que trabalhar cada vez mais forte para dar a volta por cima, só nós jogadores podemos sair dessa situação", afirmou Bruno Alves em entrevista ao canal do São Paulo.

"Sentimento de vergonha, de indignação. A gente tinha o plano de chegar nas fases finais. Acontecer isso pega todo mundo de surpresa. Não tem o que falar, e sim trabalhar, para que a gente possa colher frutos no futuro", completou.

Perguntado sobre o impacto da paralisação do futebol na eliminação do São Paulo, Bruno Alves optou por não buscar justificativas, apontando qual deve ser o caminho do time a partir de agora.

"Acredito que não tem influência. Nada pode explicar o que aconteceu. Temos que trabalhar cada vez mais para revertemos essa situação", disse Bruno Alves.

"Temos que tirar força de dentro. A gente sabe o que representa o São Paulo para todos, o quanto cada atleta batalhou para vestir essa camisa. Então, tem que olhar para dentro de si para procurar fazer cada vez melhor para que isso não se repita mais", finalizou.

Com a eliminação para o Mirassol, o São Paulo voltará a campo apenas no dia 9 de agosto, para enfrentar o Goiás, fora de casa, às 16h, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade