0
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Botafogo lidera clubes que mais cederam à Seleção em Copas

Mesmo sem convocados para a Copa da Rússia, time alvinegro já teve 47 jogadores convocados para disputar Copas do Mundo

14 mai 2018
15h32
atualizado às 15h35
  • separator
  • comentários

O Botafogo manteve a liderança isolada na lista de clubes que mais cederam jogadores à Seleção Brasileira para a disputa de uma Copa do Mundo. Embora sem nenhum nome na relação divulgada nesta segunda (14) pelo técnico Tite, o clube alvinegro, com 47 convocações, não foi alcançado pelo São Paulo, com 46.

Cássio, Geromel e Fágner são os únicos convocados que atuam em clubes brasileiros
Cássio, Geromel e Fágner são os únicos convocados que atuam em clubes brasileiros
Foto: Montagem / Gazeta Press

A torcida do clube tricolor paulista vivia a expectativa de ver o nome de Rodrigo Caio entre os relacionados por Tite à vaga que restava para a zaga da equipe. Mas a preferência recaiu sobre Pedro Geromel, do Grêmio.

Com os dois do Corinthians, Fagner e Cássio, o atual campeão brasileiro chegou a 24 convocados e empatou em sexto lugar com Palmeiras e Santos.

Veja números de convocados para a Seleção por clube desde a primeira Copa

CLUBES N° DE CONVOCADOS
Botafogo 47
São Paulo 46
Vasco da Gama 35
Flamengo 33
Fluminense 31
Corinthians, Palmeiras, Santos 24
Atlético-MG 12
Cruzeiro 11
Barcelona, Real Madrid, Roma 10
Grêmio, Internacional, Internazionale 8
Milan, PSG 7
Benfica, Portuguesa 6
Bayer Leverkusen, Chelsea, Manchester City, Olympique de Lyon, Ponte Preta, São Cristóvão 5
Bangu, Bayern de Munique 4
América-RJ, Atlético Madrid, Juventus, Napoli, Shakhtar Donetsk, Wolfsburg 3
Americano, Deportivo La Coruña, Fiorentina, Porto, Torino, Tottenham Hotspur 2
Arsenal, AtléticoPR, Beijing, Bordeaux, Central, Galatasaray, Goytacaz, Guarani, Hertha Berlin, Jubilo Iwata, Lazio, Liverpool, Nacional-URU, Olympique Marseille, Panathinaikos, Parma, Portuguesa, Santista, PSV, Real Betis, Reggina, Sevilla, Shimizu S-Pulse, Stuttgart, Toronto, Udinese, Villarreal, Yokohama F. Marinos, Ypiranga de Niterói, Zenit 1

Fonte: Silvio Alves Barsetti

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade