PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Favoritar Time

Além do bi mundial, São Paulo também conquistou Sul-Americana em 12 de dezembro

12 dez 2021 14h18
| atualizado às 14h18
ver comentários
Publicidade

O dia 12 de dezembro traz boas lembranças ao torcedor são-paulino. Além do bicampeonato mundial de clubes em cima do Milan, em 1993, a data também marca o título da Copa Sul-Americana conquistado pelo Tricolor em 2012, na fatídica final contra o Tigre, da Argentina.

O título inédito da Copa Sul-Americana marcou a despedida de Lucas Moura do São Paulo. O capitão da equipe à época, Rogério Ceni, inclusive, abriu mão de erguer a taça, encarregando o jovem revelado em Cotia de tal missão.

Com mais de 67 mil torcedores nas arquibancadas, o São Paulo venceu o Tigre por 2 a 0 em uma final que contou apenas com o primeiro tempo. No intervalo, os argentinos quiseram arrumar confusão com a delegação são-paulina ao tentar invadir o vestiário dos donos da casa, e acabaram repreendidos por seguranças tricolores e pela própria Polícia Militar.

Lucas Moura abriu o placar para o São Paulo aos 22 minutos do primeiro tempo ao ficar com a sobra do desarme da defesa do Tigre em Jadson, dominar com categoria e bater sem chances para o goleiro adversário. Pouco depois, Osvaldo recebeu em profundidade de Lucas Moura e bateu por cima, na saída do goleiro, para aumentar a vantagem tricolor.

O São Paulo conquistou a Copa Sul-Americana de 2012 de forma invicta. A competição também deu a Rogério Ceni seu último título como jogador de futebol. Três anos mais tarde, em 2015, o goleiro e ídolo tricolor se aposentou.

Coincidentemente, em 2022 o São Paulo voltará a disputar o torneio do qual foi campeão em 2012 e terá Rogério Ceni como treinador. Resta saber se o ex-goleiro repetirá o mesmo sucesso agora à beira do campo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade