PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Sócios da cativa reclamam de problemas na entrada da Vila e são ouvidos por presidente do Santos

Torcedores relataram recorrência de bloqueio em carteiras ativas e foram recebidos por Andres Rueda no camarote presidencial. Clube afirma que questão foi resolvida

17 nov 2021 20h11
ver comentários
Publicidade

Um leve transtorno entre sócios-proprietários de cadeiras cativas na Vila Belmiro marcou o pré-jogo entre Santos e Chapecoense, nesta quarta-feira (17), pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas foi rapidamente contornado pelo Peixe.

Torcedor do Santos esgotou os ingressos para o duelo contra a Chape, na Vila (Foto: Fábio Lázaro/Lancepress)
Torcedor do Santos esgotou os ingressos para o duelo contra a Chape, na Vila (Foto: Fábio Lázaro/Lancepress)
Foto: Lance!

Alguns associados reclamaram de recorrentes problemas para entrar no estádio nas partidas do Peixe em casa desde o retorno do público ao Urbano Caldeira.

Em contato com a reportagem do LANCE!, os torcedores disseram que as carteiras estavam sendo bloqueadas na entrada do estádio e eles precisavam ir até a secretaria para conseguir uma autorização para entrar no local do jogo. De acordo com os sócios, o procedimento estava tomando de 30 a 40 minutos da entrada.

Entre os torcedores ouvidos, estavam alguns residentes no interior de São Paulo, em cidades como Atibaia e Piracicaba.

Ainda segundo os sócios, os problemas foram relatados à ouvidoria do clube nas últimas semanas, mas não foi resolvido.

Revoltados, alguns torcedores se dirigiram até o camarote presidencial, que contava com a presença do presidente Andres Rueda e outros membros do Comitê Gestor. Eles foram recebidos e ouvidos pelo mandatário santista.

A reportagem também escutou pessoas ligadas a diretoria santista que disseram que assim que o problema foi relatado pela operação do estádio, foi passado para a Futebol Card, que faz a operação das vendas de ingressos e recebido uma devolutiva de resolução do problema.

Todos os ingressos colocados à disposição pelo Santos para o duelo diante da Chape foram vendidos. A carga total se esgotou no fim da tarde desta quarta-feira (17), horas antes da bola rolar.

De acordo com informações obtidas pela reportagem, na primeira hora de acesso ao estádio 1100 pessoas adentraram a Vila Belmiro, mais que o dobro do último jogo realizado no estádio, na última quarta-feira (10), contra o Red Bull Bragantino, onde 519 torcedores adentraram o local do jogo.

Lance!
Publicidade
Publicidade