PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Sem tempo, Carille faz poucos ajustes no Santos antes da estreia

10 set 2021 05h02
| atualizado às 05h02
ver comentários
Publicidade

Sem tempo para treinamentos, o técnico Fábio Carille faz poucos ajustes no Santos antes da estreia contra o Bahia no próximo sábado, na Vila Belmiro, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na tarde de quinta-feira, na sua primeira atividade, o treinador fez apenas uma mudança técnica: saiu Jean Mota e entrou Lucas Braga.

"O torcedor pode esperar um time bem organizado. Vou mudar muito pouco, até porque temos pouco tempo para o jogo de sábado, depois poucos dias para a decisão contra o Athletico. Mas aos poucos quero trazer ao time o que penso sobre futebol", disse Carille, em sua apresentação.

Taticamente, porém, Carille mudou o esquema para o 4-1-4-1: Camacho foi o primeiro "1", Marcos Guilherme aberto na direita, Lucas Braga aberto na esquerda, Carlos Sánchez e Gabriel Pirani na armação e Léo Baptistão como centroavante.

A ideia de Fábio Carille é dar mais sustentação à linha de quatro defensiva com a ajuda de Marcos e Braga pelos lados e estimular a armação pelo meio com Sánchez perto de Pirani e Baptistão.

Carille ainda comandará um treino antes do Bahia, mas a provável escalação é a seguinte: João Paulo, Pará, Robson, Wagner Palha e Felipe Jonatan; Camacho; Marcos Guilherme, Carlos Sánchez, Gabriel Pirani e Lucas Braga; Léo Baptistão. 

O técnico pediu um meio-campista defensivo porque vê Camacho como segundo volante. Por enquanto, porém, Camacho treinou como o "cabeça de área". O treinador buscará uma alternativa até o Athletico na terça, na Vila Belmiro, já que o jogador não pode atuar pelo Santos na Copa do Brasil. Baptistão é outro que não foi inscrito a tempo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade