2 eventos ao vivo

Santos tem sua 2ª pior renda na Série A contra a Chapecoense e lucra só R$ 32 mil

Apesar de ser o vice-líder, time alvinegro atraiu 6.961 torcedores pagantes à Vila Belmiro

3 dez 2019
08h47
atualizado às 08h47
  • separator
  • 0
  • comentários

A vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense, domingo, deixou o Santos próximo da conquista do segundo lugar do Campeonato Brasileiro, mas a baixa presença de público levou o clube a registrar alguns dados ruins na bilheteria. A renda bruta de R$ 200.690 foi a segunda pior do time no torneio nacional em casa.

A arrecadação do 18º dos 19 jogos do Santos como mandante nesta edição do Brasileiro só foi superior a um confronto, e em menos de R$ 1 mil. Se trata da vitória por 3 a 1 sobre o Atlético Mineiro, em 9 de junho, que teve renda bruta de R$ 199.730.

O confronto com a Chapecoense atraiu 6.961 torcedores pagantes à Vila Belmiro, proporcionando um tíquete médio de R$ 28,83. Esse público foi o quarto menor do Santos em casa no Brasileirão, superando apenas os duelos contra Bahia, Atlético-MG e CSA.

Nesse compromisso, a renda líquida do Santos foi de R$ 32.378,14. O valor foi modesto porque o clube teve despesas de R$ 136.061,86, além de uma dedução de R$ 32.250,00.

Com isso, se tornou a quarta pior renda líquida do Santos no Brasileirão, só à frente do jogo contra o Vasco, único duelo que o time disputou no Pacaembu como mandante e que registrou prejuízo, além dos confrontos com Bahia e Atlético-MG.

Com 71 pontos, o Santos ocupa o segundo lugar no Brasileirão. O time visitará o Athletico-PR na quarta-feira, na Arena da Baixada, e no domingo receberá o Flamengo, na Vila Belmiro, encerrando a sua campanha. A equipe precisa de apenas uma vitória para assegurar o vice-campeonato nacional.

Confira os públicos e rendas do Santos nos seus jogos como mandante no Brasileirão:

02/05 - Santos 2 x 1 Fluminense - 10.564 - R$ 294.075 (R$ 94.788,01)

12/05 - Santos 3 x 0 Vasco - 11.411 - R$ 343.355 (- R$ 19.561,51)

26/05 - Santos 0 x 0 Internacional - 12.756 - R$ 479.440 (R$ 245.969,41)

09/06 - Santos 3 x 1 Atlético-MG - 5.794 - R$ 199.730 (R$ 5.000,45)

12/06 - Santos 1 x 0 Corinthians - 11.831 - R$ 438.955 (R$ 212.558,51)

28/07 - Santos 3 x 1 Avaí - 12.787 - R$ 461.520 (R$ 234.276,99)

04/08 - Santos 6 x 1 Goiás - 13.462 - R$ 510.020 (R$ 284.042,55)

25/08 - Santos 3 x 3 Fortaleza - 12.515 - R$ 434.275 (R$ 227.352,95)

08/09 - Santos 1 x 1 Athletico-PR - 12.589 - R$ 476.930 (R$ 256.422,19)

21/09 - Santos 0 x 3 Grêmio - 10.898 - R$ 476.877 (R$ 251.557,46)

29/09 - Santos 2 x 0 CSA - 6.615 - R$ 263.080 (R$ 61.324,63)

09/10 - Santos 2 x 0 Palmeiras - 11.408 - R$ 592.000,00(R$ 340.536,41)

17/10 - Santos 2 x 1 Ceará - 7.804 - R$ 305.445,00 (R$ 96.167,12)

31/10 - Santos 1 x 0 Bahia - 5.634 - R$ 209.580,00 (R$ 15.162,24)

03/11 - Santos 4 x 1 Botafogo - 7.524 - R$ 295.827,50 (R$ 84.203,72)

16/11 - Santos 1 x 1 São Paulo - 14.062 - R$ 602.192,50 (R$ 369.987,90)

23/11 - Santos 4 x 1 Cruzeiro - 7.905 - R$ 266.944,00 (R$ 69.937,67)

01/12 - Santos 2 x 0 Chapecoense - 6.961 - R$ 200.690,00 (R$ 32.378,14)

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade