PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Favoritar Time

Santos oferece preferência por jovens promessas e quita débito com o Barcelona

Para acabar com a pendência, clube paulista garante os jovens Kaiky e Angelo como opção de compra ao time espanhol

17 jan 2022 19h13
| atualizado às 19h13
ver comentários
Publicidade

O Santos deu fim a um débito com o Barcelona, de cerca de R$ 19,3 milhões, por não ter avisado o clube catalão, que tinha a preferência, da venda de Gabriel Barbosa, hoje do Flamengo, à Inter de Milão. Para acabar com a pendência, o clube paulista, através do presidente Andres Rueda, garantiu os jovens Kaiky e Angelo como opção de compra ao time espanhol.

"Essa era uma pendência que poderia atrapalhar muito o Santos e que nos preocupava pelo risco de punição junto à Fifa. Mais de um ano de negociação e o acordo foi acertado sem o Santos ter de fazer pagamento algum. Melhor ainda, não teremos de pagar cerca de 20 milhões de reais, que foi a punição imposta em última instância pela FIFA. Agora, podemos seguir adiante, pensando no futuro do Santos ainda mais", comentou Rueda.

O atual presidente assumiu a dívida oriunda da gestão de Modesto Roma, em 2016, data da venda de Gabriel Barbosa à Internazionale. O Barcelona tinha a preferência pelo atleta através de uma das cláusulas estipuladas na negociação envolvendo Neymar ao clube catalão. O caso chegou ao CAS (Corte Arbitral do Esporte) e foi resolvido nesta segunda-feira.

Ao assumir o clube, Rueda elencou dez grandes problemas a serem resolvidos. Quitou as dívidas com o Hamburgo (Alemanha), Atlético Nacional (Colômbia), Brugge (Bélgica) e Huachipato (Chile). Parcelou as outras pendências financeiras e está pagando em dia o Krasnodar (Rússia), as dívidas trabalhistas e as tributárias, o empresário Giuliano Bertolucci e a Doyen.

"Agora, fechamos o ciclo resolvendo o Barcelona. Estamos empenhados em resolver as pendências e restaurar a credibilidade do nosso Santos", enfatizou o presidente.

Kaiky, que acabara de fazer 18 anos, é zagueiro e foi um dos destaques do Santos na última temporada. Ele fez 37 jogos com a camisa alvinegra e marcou um gol. Seu vínculo vai até o final de 2013. Já Angelo, que estreou no time profissional com 15 anos, fez 17 em dezembro e é atacante. Já disputou 50 jogos pelo clube paulista e marcou um gol.

Estadão
Publicidade
Publicidade