0

Santos faz de jogo com o Goiás teste para a final da Libertadores

Cuca escala quase todos os titulares para que não percam ritmo; sua maior preocupação é com quem volta de contusão

24 jan 2021
05h11
atualizado às 05h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Preocupado com o risco de perder mais jogadores por lesões, mas também sem querer deixar suas principais peças sem ritmo para a disputa da final da Libertadores no dia 30, o Santos volta a campo hoje, às 18h15, para enfrentar o Goiás, na Vila Belmiro, para aquele que deve ser o teste final do seu time-base para a decisão com o Palmeiras.

Em nono lugar no Brasileirão, com 45 pontos, o Santos sabe que não pode perder contato com os times da zona de classificação à Libertadores, especialmente após ser batido por 2 a 0 pelo Fortaleza, na quinta-feira. Mas dosa esse foco com o temor de novas baixas. "Temos um elenco enxuto, então tenho medido bem, falado com os jogadores sobre como estão se sentindo. A gente tem que ir mesclando", defendeu Cuca.

Mesmo fora das partidas, o Santos já sofreu uma baixa para a decisão. O volante Jobson sofreu uma grave lesão no joelho durante treino no CT Rei Pelé e não voltará a jogar tão cedo. Seu colega de posição e titular, Alison contraiu o coronavírus e só poderá ser escalado diante do Palmeiras se apresentar um exame negativo. Além disso, os zagueiros Luan Peres e Lucas Veríssimo passaram os últimos dias se recuperando de problemas leves. Reserva da posição, Alex reclamou de dores no aquecimento do duelo com o Fortaleza e não atuou.

Cauteloso, Cuca nem levou os titulares para o duelo com o Fortaleza. Mas, como sabe que o time não pode chegar à final sem ritmo, voltará a aproveitá-los diante do Goiás, como, aliás, fez diante do Botafogo, há uma semana. Dificilmente, porém, irá usar a maior parte deles na próxima terça-feira, no Mineirão, diante do Atlético-MG.

Recuperados, Lucas Veríssimo e Luan Peres devem voltar a compor dupla de zaga em busca de ritmo para a decisão da Libertadores, depois de esforço do clube e de cobranças de Cuca para que não deixassem a Vila Belmiro antes do fim do torneio. Além disso, Diego Pituca deve voltar ao meio de campo para ganhar entrosamento com Sandry, favorito a atuar ao seu lado no Maracanã se Alison não estiver em forma ou recuperado do coronavírus.

Cuca, porém, pode poupar alguns titulares. E o favorito a ganhar um descanso é Felipe Jonatan, que atuou no Castelão e não tem um reserva da sua posição de origem no elenco - o zagueiro Wagner Leonardo costuma ser improvisado na lateral esquerda.

FICHA TÉCNICA

SANTOS: John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan (Wagner Leonardo); Sandry, Diego Pituca e Soteldo; Marinho, Lucas Braga (Arthur Gomes) e Kaio Jorge. Técnico: Cuca.

GOIÁS: Tadeu; David Duarte, Chico e Heron; Shaylon, Breno, Ariel Cabral, D. Oliveira e Jefferson; Fernandão e Rafael Moura. Técnico: Glauber Ramos.

JUIZ: Wagner do N. Magalhães (RJ).

LOCAL: Vila Belmiro.

HORÁRIO: 18h15.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade