2 eventos ao vivo

Santos confia em proposta por Adriano, mas burocracia atrapalha

25 jan 2019
06h17
atualizado às 06h17
  • separator
  • 0
  • comentários

O Santos fez uma proposta para Adriano, do Besiktas, e está confiante em um acerto. O litígio com o Besiktas-TUR, porém, impede uma negociação rápida.

Adriano notificou o Besiktas nesta semana sobre cinco meses de salário atrasado, além de uma premiação devida. O escritório Bichara e Motta Advogados iniciou nos últimos dias o trâmite para solicitar a rescisão contratual.

O Besiktas não quer perder o lateral de 34 anos e, inclusive, sonha com a renovação do atual contrato, a se encerrar em 30 de junho de 2019. E um acordo para saída neste momento faria o jogador perder dinheiro - a possibilidade de esperar o fim do vínculo é analisada.

Tudo isso deixa a conversa com o Santos caminhar a passos curtos. E para piorar, o Grêmio é um concorrente no Brasil. O Peixe conta com o executivo de futebol Renato, companheiro de Adriano no Sevilla, enquanto o técnico Renato Gaúcho entrou em contato com o atleta.

"Não existe negociação difícil. Existe duas partes discutindo formas e cada qual defendendo seus respectivos interesses. Com o Adriano, não é diferente. Obviamente, há burocracia, rescisão, salário e até concorrências…", disse o presidente José Carlos Peres, à Gazeta Esportiva.

O Alvinegro, sem muitas opções para substituir Dodô, aceita pagar o maior salário do elenco para Adriano - cerca de R$ 400 mil por mês. O lateral quer um acordo longo, de no mínimo três anos, para equilibrar a diferença salarial em relação à Europa. O Vissel Kobe, time de Iniesta no Japão, o sondou, mas as tratativas não avançaram por conta da limitação de vagas para estrangeiros.

O Santos sondou Jorge, lateral ex-Flamengo e atualmente no Porto, porém, o retorno ao Brasil é improvável. Abner, ex-Coritiba e vinculado ao PSTC, foi oferecido e é analisado. Guilherme, do Malatyaspor, recebeu indicação do técnico Jorge Sampaoli, só que está nos planos do clube turco.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade