0

Santos aguarda por janela de transferências para lucrar com Jackson Porozo

15 mar 2019
08h11
  • separator
  • comentários

O Santos aguarda pela próxima janela internacional de transferências, a partir de junho, para lucrar com a venda de Jackson Porozo.

Aos 18 anos, o zagueiro foi convocado pela primeira vez para a seleção equatoriana principal e é monitorado por clubes da Europa antes mesmo de estrear. O Ajax-HOL, por exemplo, sinalizou com 3,5 milhões de euros (R$ 15 mi) no início deste ano.

O Peixe, porém, prevê grande lucro no meio deste ano. O defensor foi contratado em 2017 por R$ 1,5 milhão por 80% dos direitos econômicos. O Manta-EQU tem 20% do atleta.

+ Peres diz que Porozo, monitorado por europeus, pode ser volante no Santos

A negociação por Porozo foi polêmica. A princípio, o Alvinegro combinou de pagar 20% de uma futura venda ao Manta, além de 30% do lucro à empresa Hi Talent. Ou seja, comprometer metade do lucro.

Um dos fundadores da Hi Talent é Ricardo Crivelli, o Lica, coordenador das categorias de base afastado por acusação de abuso sexual. O profissional se retirou da sociedade em junho de 2015, substituído por Eduardo Brito de Melo, que, como apontado por relatório do Conselho Fiscal, tinha como endereço residencial o mesmo de Lica. Ele era sócio do presidente José Carlos Peres em outra empresa, a Saga Talent. A firma foi encerrada no ano passado, com baixa registrada em 23 de maio, depois do assunto ser amplamente divulgado na imprensa.

O Santos alegou que essas cláusulas eram de um pré-contrato e renegociou o acordo para 80% a si e 20% ao Manta. O vínculo vai até 8 de agosto de 2020.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade