0

Sampaoli reduz mudanças e encontra time ideal do Santos em série de vitórias

Treinador tem como marca desde seu começo no Santos não repetir escalações entre uma partida e outra

8 nov 2019
07h55
atualizado às 07h55
  • separator
  • 0
  • comentários

À frente do Santos desde janeiro, Jorge Sampaoli segue com a rotina de não repetir escalações entre uma partida e outra da equipe. Na atual série de três vitórias, o treinador indicou que parece ter encontrado o que se aproxima da sua formação considerada ideal e em um mesmo modelo tático, o 4-3-3.

A atual série de triunfos do Santos se iniciou em 31 de outubro, quando o time superou o Bahia por 1 a 0, na Vila Belmiro. Naquela partida, vindo de dois tropeços - empate com o Corinthians (0 a 0) e derrota para o Atlético-MG (2 a 0) -, o treinador realizou quatro alterações na escalação.

E repetiu 9 dos 11 jogadores daquela formação nos compromissos seguintes, diante de Botafogo (4 a 1) e Avaí (2 a 1). São eles: o goleiro Everson, os laterais Pará e Jorge, os zagueiros Lucas Veríssimo e Gustavo Henrique, o meio-campista Carlos Sánchez e o trio de atacantes composto por Marinho, Eduardo Sasha e Soteldo.

Essa lista poderia ter mais um nome, não fosse uma lesão sofrida por Diego Pituca no clássico contra o Corinthians, problema que o impediu de ser aproveitado na partida contra o Bahia. O meio-campista, porém, é o jogador que mais vezes vestiu a camisa do Santos em 2019 - 51 jogos oficiais -, o que comprova o seu status de titular absoluto com Sampaoli.

O 11º nome dessa formação ideal do Santos parece ser Evandro. Contratado no início de julho, o meio-campista havia sido titular por seis jogos consecutivos, até não ser aproveitado contra o Avaí, quando ficou como opção no banco de reservas, com Sampaoli optando pela escalação do polivalente lateral Felipe Jonatan no meio-campo. De qualquer forma, Evandro é outro nome em alta no Santos, ocupando uma posição que no início da temporada foi de Jean Mota.

Mas embora Sampaoli venha deixando claro nas formações usadas que encontrou o seu time ideal no Santos, o treinador vai alterar novamente o time para o duelo de sábado com o Goiás, no Serra Dourada. Afinal, o zagueiro Gustavo Henrique está suspenso. Assim, tendo Luiz Felipe como favorito na disputa com Luan Peres e o colombiano Felipe Aguilar, busca uma nova opção para formar o sistema defensivo com Lucas Veríssimo.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade