0

Sampaoli confirma devolução de salário e pede diretoria "à altura do Santos"

21 mar 2019
00h31
atualizado às 01h44
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Jorge Sampaoli confirmou a devolução do seu salário ao Santos. Como a comissão recebeu e o elenco não, o argentino optou por não ficar com o dinheiro. A informação foi antecipada pela Gazeta Esportiva na última segunda-feira.

O treinador disse que a diretoria precisa estar à altura da história do clube para resolver o problema financeiro. Os salários de fevereiro não foram pagos e há atraso de dois meses no direito de imagem.

"A condição financeira do clube não tenho motivo para saber. Cheguei com o conhecimento do elenco, da necessidade que tinha, da necessidade da equipe. É uma realidade que o clube tinha que resolver. Santos é um clube de grande história, e o clube tem que estar à altura, os dirigentes também", disse Sampaoli, em entrevista coletiva depois da goleada sofrida para o Botafogo-SP, nesta quarta-feira. 

"Sobre os salários, a comissão recebeu e qualquer um teria feito o mesmo (de devolver). Tem que pagar o salário na mesma data para todos", completou.

O Santos terminou a primeira fase como segundo colocado do Grupo A e terceiro no geral, atrás de Palmeiras e Red Bull Brasil. O RB será o adversário nas quartas de final. A Federação Paulista definirá em congresso técnico na manhã desta quinta-feira as datas, horários e mandos As partidas de ida serão no sábado e domingo. E as de volta na terça e quarta.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade