0

Sampaoli condena "cera" do Athletico e minimiza discussão

8 set 2019
19h14
atualizado em 9/9/2019 às 11h44
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico do Santos, Jorge Sampaoli, reclamou da "cera" do Athletico-PR no empate em 1 a 1 neste domingo, na Vila Belmiro, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sampaoli valorizou o esforço do Peixe em busca da vitória até o último minuto. Sánchez empatou aos 45 minutos do segundo tempo, de pênalti.

"Buscamos desde o início ganhar contra uma equipe que tentou cortar o jogo. Só uma equipe quis jogar. Posturas defensivas são legais, mas cair ao chão mais de 50 vezes atrapalha quem busca a vitória. Recriminamos, cortaram o jogo o tempo todo. Desenvolvimento fica incômodo para quem quer protagonizar", disse Sampaoli, em entrevista coletiva.

Jorge Sampaoli também comentou sobre a discussão com Tiago Nunes, técnico do Athletico. O auxiliar Pablo Fernández foi expulso.

"Jogo foi tenso, respeito muito o trabalho dele. Jogo foi muito cortado, responsabilidade também dos que conduzem o jogo. A partida que nos tocou foi mais grosseiro, caíram o tempo todo. Partida acabou e não fica nenhum rancor", concluiu.

Com o empate, o Alvinegro fica com 37, ainda em segundo, e a dois pontos do líder Flamengo. O Santos voltará a campo para enfrentar justamente o Rubro-Negro, no Maracanã, domingo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade