0

Sampaoli cita "religião" do Santos e cogita poupar contra o Palmeiras

18 fev 2019
22h48
  • separator
  • comentários

Após vencer o Guarani por 3 a 0 nesta segunda-feira, no Pacaembu, o técnico Jorge Sampaoli citou a "religião" do Santos: estar perto do gol adversário.

"Estamos com uma estrutura de trabalho que nos permite trabalhar dessa forma. Mas o mais importante é a vontade de ir para frente, a vontade dos jogadores de desfrutar o jogo, tratando de crescer, tratando como se o jogo e o gol rival fosse nossa religião. Estamos construindo essa ideia e tomara que desfrutemos dela", disse Sampaoli, em entrevista coletiva.

O treinador também cogitou poupar titulares diante do Palmeiras, sábado, na arena do rival, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. O Peixe terá o jogo de volta contra o River Plate-URU na terça, no Pacaembu, pela Sul-Americana.

"Sabemos que teremos uma partida difícil contra o atual campeão Brasileiro. Temos também a partida da Sul-Americana, vamos valorizar as duas partidas. As duas são importantes", afirmou.

"Palmeiras tem um elenco muito bom. Temos que ver com quais jogadores vamos atuar, pensando nas duas partidas (Palmeiras e Sul-Americana)", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade