PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Recuperado, Marinho reforça o Santos diante do Atlético-GO

Atacante supera dores causas por forte pancada nas costas e está pronto para defender time neste domingo, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão

24 jul 2021 22h28
| atualizado às 22h28
ver comentários
Publicidade

Se havia alguma dúvida sobre a escalação de Marinho diante do Atlético-GO, na Vila Belmiro, neste domingo, Às 18h15, a mesma não existe mais. O atacante trabalhou normalmente neste sábado, recuperado das dores após dura pancada nas costas, e reforça o Santos na busca por mais uma vitória no Brasileirão.

Com o cabelo pintado de rosa, Marinho treinou normalmente neste sábado no CT Rei Pelé
Com o cabelo pintado de rosa, Marinho treinou normalmente neste sábado no CT Rei Pelé
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Marinho foi substituído em Avellaneda, no duelo de volta da Copa Sul-Americana contra o Independiente, no meio de semana, após sofrer uma forte pancada nas costas. Havia o temor que pudesse ser algo mais grave e ele sentir incômodo no local. A alegria e desenvoltura no treino deste sábado, porém, mostraram que ele está totalmente curado.

O atacante não costuma ficar fora da equipe, mesmo quando está com dores. Ele é o tipo de jogador que luta enquanto pode no campo e depois faz hora extra em sessões de reabilitação. Neste sábado, trabalhou normalmente e ainda chamou atenção pelo penteado diferenciado no CT santista.

Marinho apareceu no campo com o cabelo cor de rosa, combinando com as chuteiras, e deve manter o visual irreverente para o jogo deste domingo. O camisa 11 adora inovar nos penteados, com desenhos na cabeça, e ultimamente vem jogando com cores diferenciadas no cabelo.

Com seu astro garantido, o técnico Fernando Diniz vai apostar mais uma vez no trio ofensivo com Kaio Jorge e Marcos Guilherme para tentar furar a promessa de paredão defensivo armado pelo técnico Eduardo Barroca no Atlético-GO.

Após perder pontos preciosos diante dos defensivos Juventude e Sport, ambos na Vila Belmiro, a ordem é manter a invencibilidade caseira somando os três pontos. O Santos buscará pressão inicial para quebrar a estratégia goiana com um gol rápido.

 

Fonte: Estadão Conteúdo
Estadão
Publicidade
Publicidade