0

Rafael Longuine, do Santos, terá de esperar quarentena para ser operado

16 abr 2020
08h21
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Rafael Longuine estava “voando” no CRB antes de lesão (Foto: Reprodução/Instagram)
Rafael Longuine estava “voando” no CRB antes de lesão (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Gazeta Esportiva

Rafael Longuine, emprestado pelo Santos ao CRB até novembro, terá de esperar o fim da quarentena para operar o ligamento cruzado do joelho direito.

As cirurgias eletivas (não emergenciais) estão suspensas temporariamente por conta do novo coronavírus. Dessa forma, o meia faz fisioterapia pré-operatória no CT Rei Pelé e aguarda pela data da intervenção.

O departamento médico do Peixe não vê problema no tempo "perdido" antes da cirurgia e já tem como costume aguardar pelo menos duas semanas para operar - a lesão de Longuine ocorreu em 11 de março, em vitória do CRB por 2 a 0 contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil.

Rafael Longuine era destaque do CRB antes da lesão. Mesmo com a necessidade de pelo menos seis meses para a recuperação, o Galo não descarta reaproveitar o atleta no segundo semestre.

O contrato de Longuine termina em maio de 2021 e ele voltaria ao Alvinegro com a possibilidade de assinar um pré-acordo para sair de graça em junho do ano que vem.

A lei prevê a manutenção do vínculo com o clube até a recuperação total da lesão, assim como o caso de Leandro Donizete no América-MG. O CRB paga parte do salário do meio-campista.

Rafael Longuine fez sete gols em 11 jogos antes da lesão. Ele tem 29 anos, foi contratado pelo Santos em 2015 e nunca se firmou. Ele atuou por empréstimo também no Coritiba, Guarani e Ponte Preta.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade