0

Presidente do Santos reprova cobrança de Claudinei e diz: "pergunte para mim"

30 out 2013
16h38
atualizado às 16h41
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente em exercício do Santos, Odílio Rodrigues, se posicionou sobre a cobrança do técnico Claudinei Oliveira, que exigiu por definição do Comitê Gestor sobre a sua permanência no clube para 2014. O dirigente desaprovou o recado do treinador por meio da imprensa estranhando a não procura direta de Claudinei a membros da diretoria santista. O treinador tem contrato até o fim do ano.

<p>Técnico Claudinei Oliveira pediu por posição sobre a sua permanência;  clube iniciou busca por um treinador "medalhão" para 2014</p>
Técnico Claudinei Oliveira pediu por posição sobre a sua permanência; clube iniciou busca por um treinador "medalhão" para 2014
Foto: Fernando Calzzani/Photopress / Gazeta Press

"Se o Claudinei quiser ter uma ideia (sobre o seu futuro), que pergunte para mim, não à imprensa. Estive sábado com ele até a saída da delegação, conversamos bastante, fui desejar boa viagem (para Araraquara, no clássico de domingo). Ele tem toda liberdade para perguntar para mim o que quiser”, explicou Odílio.

"Acho que ele tem de perguntar para o Comitê. Ele tem liberdade, relacionamento bom, eu gosto bastante dele. Acho que essas coisas a gente deve tratar dentro do clube. Não é justo eu questionar o trabalho de quem quer que seja pela imprensa", completou.

Claudinei desabafou sobre a sua situação após o empate por 1 a 1 no clássico contra o Corinthians, em Araraquara, em duelo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O comandante santista usou como argumento a dificuldade de entrar no mercado caso o Santos só informe no fim do ano que não deseja contar com o seu trabalho para 2014.

"É bom definir isso até para eu definir a minha vida também. Não dá para esperar até 31 de dezembro e nesse período eu deixar de ouvir propostas e chegar no dia primeiro e eu estar desempregado. Aí chega janeiro, os clubes já contrataram e eu fico no mercado", disse.

Ao Terra, o promotor Francisco Cembranelli, membro influente do Comitê, preferiu não responder e ressaltou, somente, entender a expectativa do treinador, mas que a decisão sairá "no tempo do Comitê".

A diretoria do Santos direciona atenções para a definição do seu treinador para a próxima temporada. Com concorrência para avançar nas negociações com um "técnico medalhão" no País, o Comitê Gestor do clube estuda alternativas e já cogita, inclusive, voltar a buscar uma nova filosofia de trabalho no mercado argentino. O novo alvo é Ricardo Gareca, do Vélez Sarsfield.

A procura por Gareca pode ser oficializada já nesta semana. O clube argentino estará no Brasil para o primeiro jogo das quartas de final da Copa Sul-Americana, contra a Ponte Preta, nesta quinta-feira. O Santos confirmou que estuda enviar alguém para assistir ao confronto e, apesar de não externar, pode já iniciar conversas com o argentino.

Fonte: K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade