PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Presidente do Santos justifica contrato de chinês: "Planejamento estratégico"

14 set 2021 10h11
| atualizado às 10h11
ver comentários
Publicidade

O Santos surpreendeu ao assinar um contrato profissional com o chinês Junlong Xiao até 2024. O atleta de 20 anos está no clube há dois anos e agora tem multa rescisória de 100 milhões de euros (R$ 616 mi).

Em reunião do Conselho Deliberativo, o presidente Andres Rueda justificou o acordo com o meia-atacante que tem treinado como lateral-direito.

"É uma parceria com a Federação Chinesa e o governo da China. Está no sub-23, é um dos melhores da China. Ele recebe ajuda de custo de R$ 1500 do Santos. Nossa relação com a China é forte nesse sentido. E por trás disso há planejamento estratégico, de alguns pontos que não podemos divulgar, mas está atrelado à tentativa de ajuda financeira da China, até para o novo CT da base. É uma relação de boa vizinhança, não é por acaso esse jogador chinês no nosso clube", disse Rueda.

A Gazeta Esportiva contou a história do chinês em 2019. Antes de chegar em Santos, Xiao estava no Beijing Sinobo, da China, e passou por um período de treinamentos no Ituano, onde não conseguiu ser regularizado e estrear.

A comissão técnica de Cuca, com passagem pelo Shandong Luneng, da China, entre 2014 e 2015, gostou do que viu em Junlong Xiao à época. A avaliação era de que ele pode jogar tranquilamente na Série A do país asiático.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade