0

Presidente diz que Santos terá regra em 2020 para jogos no Pacaembu: "Muda tudo"

18 nov 2019
10h11
  • separator
  • 0
  • comentários

O Santos só deve voltar a jogar no Pacaembu em 2020. A última partida do Peixe no estádio da capital paulista ocorreu em julho, na eliminação para o Atlético-MG na Copa do Brasil.

Santos só deve voltar a jogar no Pacaembu em 2020 (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Santos só deve voltar a jogar no Pacaembu em 2020 (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Foto: Gazeta Esportiva

A diretoria alvinegra não cumpriu a promessa de dividir os mandos entre Santos e São Paulo pela metade, mas espera mudar esse cenário para 2020.

"Nessa temporada é difícil, faltam cinco rodadas e é difícil fazer uma partida lá. Treinador quer jogar na Vila, já pediu. Ano que vem muda tudo, terá uma regra. Ou vai cumprir ou não vai ter acordo", disse o presidente José Carlos Peres, em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

A Confederação Brasileira de Futebol limita os mandos de campo nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. A ideia do Peixe era enfrentar o provável campeão Flamengo, no último jogo da competição, no Pacaembu.

"Gostaria de fazer pelo menos um jogo, talvez o Flamengo. Mas existe uma portaria na CBF de que as últimas cinco rodadas não podem ter mudança de domicílio, mas Pacaembu também é nosso e talvez possamos jogar contra o Flamengo aqui (em São Paulo) para fazer uma grande renda", completou Peres.

A média de público do Santos em 2019 é de pouco mais de 12 mil pagantes. A Vila Belmiro teve sua maior arrecadação da temporada no clássico contra o São Paulo. 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade