0

Presidente diz que Santos fará parte da concessão do Pacaembu

9 fev 2019
11h22
atualizado às 11h22
  • separator
  • comentários

O presidente José Carlos Peres diz que o Santos "não perdeu" a concessão do Estádio do Pacaembu. Nesta sexta-feira, o Consórcio Patrimônio SP, formado pelo fundo de investimentos Savona e a empresa de engenharia Progen, ganhou o leilão por R$ 111,2 milhões e será o responsável pelos próximos 35 anos.

O presidente afirma que o Peixe fará parte da concessão por causa de uma condição imposta pela Prefeitura de São Paulo.

"Não perdemos concessão. O grupo vencedor terá que ter um time da Série A do Campeonato Brasileiro e do estado de São Paulo como bandeira. Há regras", disse Peres, à Gazeta Esportiva.

A ideia do Santos era administrar o Pacaembu em parceria com a Universidade do Futebol. A proposta de R$ 88 milhões foi a segunda melhor. A WTorre ofereceu R$ 46 mi e a ConstruCap, R$ 44 mi.

Sem obter a concessão, o Peixe buscará parceria com o Consórcio Patrimônio SP. O Alvinegro pretende atuar no Pacaembu em 60% de seus mandos na temporada. A partida deste sábado, contra o Mirassol, será nesse estádio.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade