0

Matheus Ribeiro diz que não merecia, mas promete dar a vida em nova chance no Santos

9 fev 2019
20h50
  • separator
  • comentários

Matheus Ribeiro foi contratado em 2017 como destaque do Atlético-GO na Série B do Campeonato Brasileiro e alternativa para as duas laterais do Santos.

O jogador, porém, não se destacou e acabou emprestado para o Puebla-MEX e o Figueirense em 2018. Com três lesões, ele quase não atuou. Mesmo assim, foi chamado pelo técnico Jorge Sampaoli para voltar ao Peixe.

A reestreia pelo Alvinegro ocorreu neste sábado, na vitória por 1 a 0 sobre o Mirassol, justamente no Pacaembu, palco de uma atuação ruim e de críticas da torcida diante do Independiente Santa Fé-COL em 2017, pela Libertadores.

"Não cabe a mim falar se eu gostei, dei meu melhor. Minha última lembrança do Pacaembu não é das melhores. Estou aqui para dar a volta por cima, dar meu melhor e estou muito feliz com essa reestreia", disse Matheus Ribeiro.

"Toda experiência é válida. Ano passado foi muito difícil para mim, duas lesões no México e outra no Figueirense. Joguei muito pouco. Estou encarando essa chance como a chance da vida. Não conseguiria expressar em palavras. Tenho momento diferente, uma chance que ao meu ver nem merecia pois quase não joguei ano passado. Foi uma surpresa, mas uma surpresa ótima. Estou muito feliz", completou.

Matheus também falou sobre a oportunidade de atuar mais ofensivamente no esquema tático de Sampaoli e da falta de ritmo depois de temporada de altos e baixos em 2018.

"Professor gosta do lateral bem intenso, que compita pela bola lá na frente e isso me ajuda, tenho um pouco de dificuldade na marcação, então para mim é um posicionamento bem interessante", explicou.

"Joguei uma partida inteira depois de 90 minutos, intenso, calor, senti um pouco o ritmo, mas só jogando que se consegue ter ritmo. Foi uma boa oportunidade e espero ter agradado ao professor", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade