PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Marinho minimiza críticas e vê Santos com esperanças renovadas na Libertadores

Equipe santista goleia o boliviano The Strongest e volta a sonhar com vaga nas oitavas

4 mai 2021
22h20 atualizado às 22h20
0comentários
22h20 atualizado às 22h20
Publicidade

O atacante Marinho finalmente voltou a jogar em grande estilo pelo Santos. Bastante cobrado pela queda de rendimento, o camisa 11 foi eleito o melhor em campo na goleada por 5 a 0 sobre o The Strongest que faz o time renascer na Copa Libertadores. Sem esconder que o clube ainda vive uma situação delicada, ele festeja a renovação de esperança por uma vaga.

Depois de duas derrotas seguidas, o Santos somou seus primeiros pontos na competição com bela apresentação na Vila Belmiro e surra sem dó nos bolivianos que serviu também para o ressurgimento do astro.

"Nos dá a esperança de que a gente pode, pois temos uma boa equipe", observou Marinho. "A gente vinha trabalhando, mas estava muito abaixo do que a gente pode apresentar. Hoje, ganhamos confiança para os próximos jogos. E só tem decisão daqui para a frente", advertiu, falando também do Campeonato Paulista Sicredi 2021, no qual o time terá de ganhar do Palmeiras, domingo, para evitar queda precoce.

A cabeça, contudo, está no duelo da outra semana, mediante do Boca Juniors, no qual uma vingança dos 2 a 0 de Buenos Aires colocam o Santos novamente na briga. Com Marinho revigorado, os torcedores começam a crer numa volta por cima.

A escolha e Marinho como o melhor em campo o deixou mais leve. O atacante vinha recebendo duras críticas pelo sumiço do futebol e afirmou que as cobranças serviram de impulso. "Na verdade, o mais importante foi o resultado. É importante quando a equipe faz um jogo consistente, quando não só eu apareço. A gente tem se dedicado muito, sabemos que a situação não é das melhores, mas só com trabalho que vamos mudar isso", ponderou.

E usou de toda sua sinceridade para falar sobre o peso das cobranças. "É como eu falo: as críticas não vêm para te parar, e sim para te impulsionar." O santista espera que ele emplaque sequência de boas apresentações para o Santos evitar vexames no Estadual e também na América.

Estadão
Publicidade
Publicidade