2 eventos ao vivo

Marinho admite atuação ruim e pede para Santos já se concentrar no Brasileiro

Depois da derrota para a LDU, equipe santista mira clássico contra o Palmeiras pelo Brasileirão

1 dez 2020
23h07
atualizado às 23h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Santos conseguiu uma suada classificação para as quartas de final da Copa Libertadores. A equipe recebeu nesta terça-feira, na Vila Belmiro, a LDU, e acabou perdendo o duelo por 1 a 0. Mas, por conta dos gols fora de casa no jogo de ida, vencido por 2 a 1, acabou garantindo vaga na próxima fase. Eleito o melhor jogador da partida, Marinho analisou sua atuação de forma diferente e definiu o novo foco para a equipe alvinegra.

O atacante santista tinha motivos para estar mais animado, mas não recebeu o prêmio com entusiasmo. Ele avaliou que esteve abaixo do ideal, mas que o coletivo merecia destaque. "Eu vou te falar que não sou tão merecedor desse prêmio. Não só pela derrota, mas acho que fui um pouco abaixo do que venho apresentando."

"Eu tive algumas chances criadas, mas concluí mal. Tenho que ter um pouco de entendimento, me cobro muito. Agradeço pelo prêmio, mas fui um pouco abaixo. Se fosse para premiar, eu premiava mais pelo coletivo do que minha participação individual", avaliou.

Sobre a classificação suada, Marinho comemorou o feito e destacou o alto nível da competição, mas definiu um novo foco para o Santos: o clássico de domingo com o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro. "A gente sabe que a Libertadores é uma competição muito grande. A cidade e os torcedores se mobilizam de uma forma diferente."

"Mas agora, temos nosso professor que vai conversar com a gente durante a semana. Temos uma clássico contra o Palmeiras no fim de semana. Agora é hora de virar a chave e pensar no jogo da próxima fase só na próxima semana", disse.

A equipe da Vila Belmiro recebe o Palmeiras em seu estádio neste domingo, às 16 horas, pela 24ª rodada do Brasileirão.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade