PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Insatisfeito, Ângelo tem dificuldade para ganhar espaço com Diniz no Santos

30 jul 2021 06h05
| atualizado às 10h46
ver comentários
Publicidade

Grande destaque nas categorias de base, Ângelo tem dificuldade para convencer o técnico Fernando Diniz no Santos. 

Desde a chegada de Diniz, Ângelo atuou 10 vezes, três como titular, em um total de apenas 240 minutos. Antes do novo treinador, o Menino da Vila foi titular nove vezes entre Campeonato Paulista e Libertadores da América na temporada.

Fernando Diniz falou há um mês sobre a falta de espaço para Ângelo e lembrou de Kaiky, de 17 anos. O zagueiro, porém, aproveitou a saída de Luan Peres e é titular há oito jogos.

"Ângelo é fenômeno como o Kaiky, jogadores que nasceram em 2004 e já foram titulares, inclusive comigo. Tendência é de evoluírem (…). Ângelo tem futuro brilhante e estamos de olho nele", falou Diniz.

Ângelo se sente insatisfeito por jogar pouco e esperava, por exemplo, entrar nos minutos finais contra a Juazeirense. O Peixe teve dificuldade, mas construiu o 4 a 0 nos minutos finais. Aos 39, saiu o segundo gol. E Fernando Diniz só fez duas substituições.

Para piorar a situação, a Gazeta Esportiva apurou que Ângelo se desentendeu com Diniz no treinamento da última quinta-feira. O jovem de 16 anos não gostou da forma de uma cobrança do treinador e respondeu, dando início a um bate-boca. As broncas do técnico são comuns e classificadas como "parte do futebol", mas o atacante se sentiu exposto desta vez e contestou.

Ângelo não imaginava ser titular logo no início da trajetória como profissional, mas também se surpreende em jogar tão pouco. Seus concorrentes na posição são Marinho, Lucas Braga, Marcos Guilherme, Renyer e Lucas Venuto.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade