PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Goleiros do Santos não defendem pênalti há quase dois anos

Última defesa de pênalti de um goleiro do Peixe aconteceu em outubro de 2019, quando o defensor ainda era Everson, hoje no Atlético-MG

26 jul 2021 16h28
| atualizado às 17h30
ver comentários
Publicidade

O Santos perdeu para o Atlético-GO por 1 a 0, na Vila Belmiro, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, no último domingo. O único gol da partida foi marcado de pênalti, pelo atacante Zé Roberto, e o lance manteve um tabu: um goleiro do Santos não defende uma cobrança de pênalti há quase dois anos.

João Paulo e John ainda não defenderam pênaltis no Brasileiro deste ano (Crédito: Ivan Storti/SantosFC)
João Paulo e John ainda não defenderam pênaltis no Brasileiro deste ano (Crédito: Ivan Storti/SantosFC)
Foto: Lance!

A última defesa de pênalti feito por um goleiro camisa do Santos foi de Everson, ainda em 5 de outubro de 2019, em chute de Rossi, na época no Vasco da Gama, pelo Brasileirão.

Na temporada, o Peixe teve dois pênaltis contra marcados, justamente pelo Brasileirão, e sofreu os dois: diante o Ceará, com o goleiro John, e contra o Atlético-GO com João Paulo.

Foram cinco pênaltis a favor do Alvinegro no período: Marinho converteu dois diante o San Lorenzo, pela Libertadores, e contra o Palmeiras, no Brasileiro, mas perdeu diante o Ceará, pela competição nacional. Sánchez e Kaio Jorge também converteram contra o Palmeiras, um pelo Paulista e outro pelo Brasileiro.

Quando o assunto é disputa de pênaltis, também faz tempo que o torcedor santista não tem motivos para comemorar. A última vitória foi contra o Botafogo-SP, nas quartas de final do Campeonato Paulista de 2018. Desde então, são três eliminações: para os rivais Palmeiras e Corinthians, nos Paulistas de 2018 e 2019, respectivamente; e para o Cruzeiro, na Copa do Brasil de 2018.

Lance!
Publicidade
Publicidade