1 evento ao vivo

Felipe Jonatan fala em alerta ligado após derrotas para Santos não perder a ponta

Alvinegro vem de duas derrotas seguidas no Brasileirão, para São Paulo e Cruzeiro

23 ago 2019
14h20
atualizado às 14h20
  • separator
  • 0
  • comentários

Há 15 dias, o Santos era líder do Campeonato Brasileiro com cinco pontos de vantagem para os rivais. Depois de duas derrotas seguidas - para São Paulo e Cruzeiro, ambos como visitante -, o time ainda segue na ponta, agora só com dois de vantagem (32 a 30) para seus concorrentes. De acordo com o lateral-esquerdo Felipe Jonatan, o sinal de alerta está ligado no clube da Vila Belmiro, que busca a reabilitação contra o Fortaleza, neste domingo, em Santos, pela 16.ª rodada.

"O jogo contra o Fortaleza é de suma importância, a gente ainda se manteve na liderança apesar dos resultados negativos. Vem de uma batida boa, conseguimos fazer uma sequência de sete jogos com vitórias. Tem que focar porque vão vir jogos difíceis no final do campeonato, concorrência direta", opinou o lateral, que nos dois últimos jogos foi escalado no meio de campo pelo técnico argentino Jorge Sampaoli, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, em Santos, nesta sexta-feira.

"Teve um alerta sim, não é normal ter perdido dois jogos. Vamos procurar manter o retrospecto de grupo vencedor que a gente tem. É um alerta pra minimizar os erros, buscando melhorar durante o campeonato, melhorar no aspecto defensivo. A gente sabe o que quer no campeonato. Contra o Cruzeiro estivemos o jogo inteiro com um a menos e isso nos prejudicou um pouco. Temos que estar focados contra Fortaleza, Flamengo, Palmeiras... contra quem for", prosseguiu.

Para o jogo contra o Fortaleza, Sampaoli mantém o costume de não divulgar a escalação do time antes da bola rolar. Até mesmo Felipe Jonatan não sabe onde irá atuar neste domingo. "Me sinto bem adaptado (no meio), tenho muito a agradecer ao Sampaoli, ele tá descobrindo uma nova função dentro de campo pra mim. Ele está gostando do trabalho, assim como a torcida e a diretoria. Espero poder evoluir ainda mais", afirmou o lateral-esquerdo.

Nesta sexta-feira, o técnico argentino comandou o penúltimo treinamento antes de pegar o Fortaleza, neste domingo, às 16 horas, no estádio da Vila Belmiro. Um desfalque certo é o zagueiro Gustavo Henrique, expulso contra o Cruzeiro. Em compensação, terá os retornos de Victor Ferraz e Felipe Aguilar, desfalques no último domingo.

A provável escalação do Santos é a seguinte: Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar e Jorge; Diego Pituca, Felipe Jonatan (Jean Mota) e Carlos Sánchez; Marinho (Derlis González), Eduardo Sasha e Soteldo.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade