0

"Fantásticos": Sampaoli explica opção por Evandro e Sánchez "sócios" no Santos

3 nov 2019
22h56
atualizado às 22h56
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico do Santos, Jorge Sampaoli, está satisfeito com a presença de Evandro e Sánchez juntos no meio-campo do Santos. Eles atuaram na armação nas vitórias sobre Bahia e Botafogo.

O treinador admite a dificuldade defensiva de escalar a dupla, mas valoriza a construção ofensiva dos experientes jogadores. Evandro tem 33 anos. Sánchez, 34.

"Jogar com Sánchez e Evandro é tratar de jogar com quem gera muito em todo o ano. Sánchez na direita e Evandro na esquerda, a bola chega, não voltam para buscar. Dois jogadores com clareza para o ataque. Sánchez fez grande jogo, faltou o gol, mas gerou muito desconforto a João Pedro, volante central do Botafogo. Evandro teve complicação, não fez o que esperávamos, mas nos dá a clareza que necessitamos. Custa um pouco a marcação no defensivo, podemos sofrer, mas controlamos o jogo, nos dão muito ataque e compromisso com a equipe. São fantásticos e importante que estejam juntos e se complementem, que sejam sócios do ataque do Santos", disse Sampaoli, em entrevista coletiva.

A complicação citada por Sampaoli foi um corte na nádega de Evandro. Nas redes sociais, vários torcedores alertaram sobre a possibilidade de ser uma hemorroida, inclusive o youtuber botafoguense Felipe Neto - fato negado pela assessoria de imprensa do Peixe.

Evandro e Sánchez estão à disposição e podem atuar juntos mais uma vez contra o Avaí, quarta-feira, em Florianópolis, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade