PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Ex-técnicos de reforço do Santos, Marcelo Oliveira e Felipão apostam em sucesso de Goulart no Peixe

LANCE!/Diário do Peixe ouviu os dois treinadores a respeito de características do meia e o que esperam dele sob o comando de Fábio Carille

13 jan 2022 16h16
| atualizado às 16h48
ver comentários
Publicidade

O Santos anunciou na última terça-feira (11) a contratação do meia-atacante Ricardo Goulart. Aos 30 anos, o jogador assume a famosa camisa 10, que um dia foi do ídolo máximo do futebol: o Rei Pelé. O vínculo com o Alvinegro Praiano irá até 31 de dezembro de 2023.

Ricardo Goulart assinou contrato com o Santos na terça-feira (Foto: Divlugação/Santos)
Ricardo Goulart assinou contrato com o Santos na terça-feira (Foto: Divlugação/Santos)
Foto: Lance!

Ricardo Goulart já atuou como segundo atacante, de centroavante e, em algumas oportunidades, como ponta e meia. Na China, é considerado um dos jogadores estrangeiros mais vitoriosos do país. Ao todo, conquistou três títulos do Campeonato Chinês, um da Liga dos Campeões da Ásia, um da Copa e três da Supercopa.

No Brasil, o jogador também fez sucesso, em especial no Cruzeiro. Ele foi um dos principais destaques no bicampeonato brasileiro no time celeste em 2013/14. O treinador era Marcelo Oliveira, atualmente sem clube. O técnico conversou com o LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE e apontou as principais características do jogador.

- Ele foi um jogador extremamente importante nas conquistas do Cruzeiro, foi fundamental. Naquele período ele jogou comigo como segundo atacante, no 4-4-2, jogando solto. A posição que ele mais atuou e mais se destacou foi como meia, chegando de trás. Não é habilidoso no um contra um, mas é posicional, técnico, devolve a bola muito bem. A principal características é a infiltração na área, como surpresa. Ele fez muitos gols assim, pois se posiciona muito bem, tem uma capacidade grande de finalização. Ele dificilmente erra o gol quando tem oportunidade - detalhou Marcelo Oliveira, que completou:

- Eu espero que ele se de bem neste novo desafio. Além de tudo, é uma grande pessoa, nos tornamos amigos, vai contribuir muito ao Santos neste momento.

Outro nome que trabalhou com Ricardo Goulart foi Luiz Felipe Scolari, em 2019, em passagem recente pelo Palmeiras. No time da capital Paulista, foram apenas 12 jogos, com quatro gols e três assistências. O jogador decidiu voltar para China após proposta "irrecusável".

Felipão também falou ao LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE sobre a chegada do jogador ao Peixe e afirmou que, com Fábio Carille no comando, ele tem tudo para render.

- O Goulart é um jogador moderno, que acompanha na marcação, não é um grande marcador, mas volta. Ele trabalha muito bem a bola, tem muita qualidade técnica e é um finalizador exímio. Ele é um segundo atacante com muita qualidade para jogar atrás do centroavante, e, se por acaso o centroavante não chegar, ele se apresenta. Provavelmente nas mãos do Carille vai render muito e o Santos está fazendo uma grande contratação. Espero que ele trabalhe muito bem e seja, como foi comigo, aquela pessoa maravilhosa, de grupo e tudo mais. Boa sorte a ele - disse o treinador pentacampeão do mundo com a Seleção Brasileira.

Lance!
Publicidade
Publicidade