PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Diniz vê derrota do Santos para o Fluminense como injusta: "Jogo que mais produzimos"

17 jun 2021 22h35
ver comentários
Publicidade

O técnico Fernando Diniz lamentou demais a derrota do Santos para o Fluminense na noite desta quinta-feira, no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

O Peixe teve quase 70% de posse de bola e criou muito mais chances, mas perdeu. O gol de Nenê foi marcado aos 5 minutos do segundo tempo, após erro de Felipe Jonatan.

"Certamente (foi a derrota mais dolorosa). Time jogou bem, bem melhor que o Fluminense. Eles tiveram a bola na trave em um lance confuso que erramos na saída e o lance do gol. Não lembro de outra jogada perigosa. Foi o jogo que mais produzimos chances claras de gol. Fizemos três gols contra o Ceará, produzimos bastante no Cianorte lá, mas no Campeonato Brasileiro criamos o que fizemos gol no Ceará e hoje fomos mais dominantes, mas saímos com resultado adverso", disse Diniz, em entrevista coletiva.

"Nós criamos. Nós temos atacantes bons. Marinho de seleção brasileira, o melhor da América há seis meses. Todos os times do Brasil querem ter o Marinho. Hoje errou, mas acreditamos nele e vai fazer. Kaio Jorge é outro grande jogador, que europeus o querem. Temos Marcos Guilherme, Lucas Braga, grandes jogadores, o criativo Pirani, o Jean Mota criativo, o Zanocelo criativo, Felipe Jonatan um lateral de ataque. Temos quem crie e criamos. Não foi isso que faltou, faltou sermos mais felizes nas finalizações", completou.

Diniz também evitou achar culpados pelo tropeço. Ele foi perguntado sobre o erro técnico de Felipe Jonatan no gol de Nenê. O lateral-esquerdo cortou cruzamento de forma errada e acabou dando uma assistência para o meia.

"Erros técnicos acontecem com todo mundo. Grandes jogadores erraram pênaltis decisivos, grandes zagueiros e goleiros falharam. Acontecem. Não vamos responsabilizar um jogador pela perda de um jogo. Perdeu o Santos. Tivemos muitas chances. Se tivéssemos feito metade das chances, teríamos ganhado o jogo. Não teremos esse tipo de conduta aqui", concluiu.

Com a segunda derrota em quatro jogos, o Santos ocupa a 13ª colocação, com quatro pontos. A única vitória foi sobre o Ceará, na Vila Belmiro.

O Peixe voltará a campo para enfrentar o São Paulo no domingo, na Vila, pela quinta rodada do Brasileirão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade