0

Diego Pituca comemora 'vitória importante' para o Santos subir na classificação

Volante diz que é 'fominha' e já se coloca à disposição para enfrentar o Defensa Y Justicia pela Libertadores na terça

17 out 2020
22h30
atualizado às 22h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os jogadores do Santos fizeram muita festa após o triunfo diante do Coritiba, por 2 a 1, no Couto Pereira. Trocaram cumprimentos e abraços ainda no gramado. Eles sabiam que era questão de honra ganhar para voltar à caça aos líderes do Brasileirão após perderem a invencibilidade de 12 jogos em casa.

O Santos podia fechar o sábado com um ponto atrás dos primeiros, mas a derrota diante do Atlético-GO na Vila Belmiro, por 1 a 0 (na rodada anterior), estragou os planos. Está a quatro, mas ainda confiante em chegar no topo após a meta cumprida no Paraná.

"A gente vinha de derrota em casa e precisava ganhar. Foi uma vitória importante, boa para subir no campeonato," festejou o volante Diego Pituca.

Presente em 35 jogos seguidos do Santos, o volante comemorou a marca e já se colocou à disposição do técnico Cuca para o jogo da Copa Libertadores, diante do Defensa y Justicia, na terça-feira, na Vila Belmiro.

"Fico feliz pelos 35 jogos, me cuido bastante. Falam que sou fominha e sou mesmo", assumiu. "A gente quer jogar todos os jogos, enquanto o corpo aguentar estarei aqui para ajudar o Santos."

Diante dos argentinos, o Santos buscará nova vitória para tentar terminar a primeira fase na liderança geral. Santos e Palmeiras têm 13 pontos, mas o rival da capital leva vantagem no saldo de gols (10 a 4).

"É comemorar a vitória e descansar para mais uma batalha", previu o volante, ciente que os oponentes precisam de pontos na luta pela segunda colocação do Grupo G. O Defensa soma 6 pontos, diante de 5 do Olímpia e 4 do Delfín. Os três têm chance de vaga.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade