3 eventos ao vivo

Com videogame de passatempo, Luan Peres vê Santos adaptado ao estilo de Jesualdo

Titular em todos os jogos da temporada, zagueiro treina em casa na quarentena e diz estar ansioso para voltar aos gramados

24 abr 2020
07h10
atualizado às 19h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Com a quarentena devido à pandemia do coronavírus, o versátil Luan Peres continua se exercitando em casa para manter a forma física. O jogador, que esteve em campo como titular do Santos nos 12 jogos que a equipe fez na temporada, conta que o início do ano foi de adaptação no clube com a chegada do técnico Jesualdo Ferreira e o elenco continua mantendo contato mesmo após a paralisação no futebol.

"Pela mudança de treinador e o novo estilo de treinamento, nós começamos o ano nos adaptando. Qualquer equipe com um novo treinador precisa se adaptar, já que nenhum técnico é como o outro", conta Luan em entrevista ao Estado. "Depois que houve essa adaptação a gente começou a encaixar o nosso estilo de jogo e não é não é à toa que estamos em primeiro lugar no nosso grupo do Campeonato Paulista e na chave da Libertadores".

Isolados, os jogadores do elenco santista acabam mantendo contato através de jogos online. "Passo bastante tempo jogando videogame, principalmente Call of Duty. Jogo com o pessoal do Santos, nós jogamos online e isso é o que eu mais gosto de fazer para passar o tempo", diz Luan.

Em São Paulo com a família, Luan comenta que esta treinando em casa como a maioria dos jogadores e está sendo difícil manter o ritmo, mas "tenta se virar ao máximo". "É totalmente diferente realizar os trabalhos em casa, não podemos sequer frequentar uma academia. Também não estou fazendo trabalho com bola, então acabo perdendo um pouco de ritmo naturalmente, mas a gente tenta evitar ao máximo essa perda".

"Eu também peguei uns pesos no Santos para me ajudar e recebemos algumas orientações do clube após a pausa. Meus pais moram em um bairro residencial em São Paulo, então aproveito para sair algumas vezes para correr, isso acaba ajudando", afirma o jogador.

Luan, que atuou como zagueiro e lateral-esquerdo nesta temporada, diz estar otimista para o retorno dos jogos e comemora a sua boa fase e a da equipe. "Estou pensando positivo. Claro que essa parada vai interferir, mas não apenas o nosso clube. Quando voltarmos vamos precisar fazer uma nova pré-temporada, mas já sabendo como o treinador gosta de trabalhar".

Assim como outros jogadores, ele ressalta a saudade dos gramados. "Sinto mais falta dos jogos, da bola... Aqui não tem nenhuma brincadeirinha com bola, um jogo na quadra. Sem falar na sensação de ver um estádio lotado. Acredito que quando voltarmos ainda vamos ter esse problema de não poder contar com a torcida. Espero que essa situação acabe logo para que tudo volte ao normal", desabafa.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade