PUBLICIDADE
Logo do Santos

Santos

Favoritar Time

Carille fala sobre pressão no Santos, avalia erros e diz: 'Chegar à final do Paulistão não foi bom'

Após quatro derrotas consecutivas na Série B, Peixe vence e respira na tabela

19 jun 2024 - 23h19
Compartilhar
Exibir comentários

Foi uma sequência difícil do Santos até, enfim, voltar a vencer na Série B. O time vinha de quatro derrotas seguidas antes de vencer o Goiás, na Vila Belmiro, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (19). O técnico Fábio Carille corria o risco de deixar o clube em mais um tropeço, mas respirou mesmo sabendo da pressão que ainda está sobre a equipe alvinegra.

- Me sinto confortável aqui, mas sei que se eu perdesse hoje a pressão seria grande e, dali a pouco, o presidente teria que tomar uma decisão. Vim confortável para o jogo, a diretoria vê o que a gente passa ao time e faz. Mas, futebol é resultado. Talvez, um empate faz com que a pressão aumente e eu vou embora. É o futebol. Tenho 50 anos e sei que é assim mesmo, é a verdade do futebol. É continuar trabalhando, deixando tudo claro aos atletas e entregando dentro de campo - disse Carille.

Segundo Carille, o vice-campeonato do Paulistão não fez bem ao time, já que o deixou acomodado.

- Eu deveria ter insistido e brigado. Tenho experiência com auxiliar na Série B. Hoje, analisando, chegar na final do Paulistão não foi bom. Isso me acomodou, trouxe assuntos, conversei, persisti e não insisti. Prefiro ter 40 jogadores e eu administrar o grupo do que fazer isso - completou o técnico.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade